PRECOCE - A vereadora Meires Helena de Assis morreu aos 46 anos REPRODUÇÃO/IMPACTOONLINE

Sepultada a vereadora Meires de Assis, em Murutinga do Sul

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – MURUTINGA DO SUL

O prefeito de Murutinga do Sul, Cristiano Eleutério Soares da Silva, decretou luto oficial de três dias pela morte da vereadora, professora Meires Helena de Assis, que morreu domingo, na Santa Casa de Andradina, após ter crise de diabetes e de hipertensão arterial. Meires, que tinha 46 anos, era prima do prefeito murutinguense e sobrinha do vice-prefeito de Andradina, doutor Paulo Assis. Ela tinha uma filha, Yasmin, estudante de medicina. O sepultamento foi no domingo no final da tarde, no cemitério de Murutinga do Sul. O velório foi na Câmara Municipal, mas com restrições devido à pandemia do novo coronavírus.

Meires de Assis, que estava em seu segundo mandato, foi eleita no ano passado com 89 votos. Ela era filiada ao PTB. Além de vereadora, ela era professora escola Antonieta Bim Storti. Ela foi secretária da Educação na administração de José Célio Campos.

 

FAMÍLIA POLÍTICA

O pai de Meires, Oswaldo Pereira Assis, fpoi vereador, presidente da Câmara e vice-prefeito. O seu tio, Rubens Pereira Assis, foi vereador e vice-prefeito

 

VAGA

Com a morte de Meires de Assis, a Mesa Diretora da Câmara deverá convocar a primeira suplente do PTB, Maria Ribeiro, que obteve 79 votos na eleição passada. Ela tem 55 anos.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Acusado de assassinar jovem castilhense é preso

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS Na tarde desta quarta-feira (23) Policiais Civis de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *