18 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 10, 2022

Saúde capacita profissionais para enfrentamentos das arboviroses

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Na sexta (17) aconteceu a primeira Capacitação para Enfrentamento das Arboviroses em Andradina e Castilho, que reuniu centenas de profissionais da saúde na Câmara Municipal de Andradina. O evento teve a participação de representantes da Sucen de Araçatuba, Vigilância Epidemiológica de Andradina e da secretaria adjunta de Saúde de Castilho, Samantha Del Negro Ferreira, da secretária de Saúde adjunta de Andradina, Maristela Marinho e vereadores.
A capacitação teve como objetivo preparar os profissionais da Saúde para prevenir as doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti (dengue, zika, chikungunya) desde a realização de levantamentos de índice de infestação a trabalharem com os ciclos anuais de prevenção às arboviroses do Ministério da Saúde.
Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. A classificação “arbovírus” engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes, ou seja, insetos e aracnídeos (como aranhas e carrapatos).
Para a coordenadora de Atenção Básica, Carla Back, a iniciativa é uma forma de aprimorar e valorizar o processo de trabalho, bem como capacitar os servidores contratados pelo município.

Homenagens
Na oportunidade do evento foi realizada a homenagem aos profissionais que trabalharam na Vacinação Covid desde o início até agora. Foi realizada uma menção especial a Carla Back havendo apresentação de vídeos lembrando todos os estágios da vacinação. Ainda houve a apresentação de música e leitura de mensagens de agradecimentos.
“A importância dos profissionais no combate à guerra que só foi amenizado graças à ciência e à vacinação”, disse Carla.
O prefeito de Andradina, Mário Celso Lopes, esteve presente e relembrou momentos difíceis da pandemia, incluindo a perda da mãe. Em seu discurso ele reafirmou que as perdas não foram maiores devido ao trabalho dos profissionais da Saúde e da vacinação. “Os profissionais da Saúde sofreram muito, mas deram seu melhor e continuam dando. Homenagem mais que merecida aos nossos heróis que salvam vidas”, disse.

 

 

Ultimas Noticias