18.1 C
Araçatuba
quinta-feira, agosto 18, 2022

Refazendo Histórias abordou temática de medidas socioeducativas

DA REDAÇÃO ANDRADINA

A Secretaria de Promoção e Assistência Social de Andradina edo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizaram nesta semana o III Seminário Medida Socioeducativa que faz parte do projeto Refazendo Histórias e acontece no anfiteatro do Centro Cultural Pioneiros de Andradina.

Foram dois dias de Seminário (quinta e sexta-feira) com o objetivo principal levar informação, propiciar reflexão e mobilizar a comunidade local, a sociedade organizada e o Poder Público sobre o tema medida socioeducativa, sua execução e acompanhamento, bem como promover entre os atores a cultura de paz.

“Nosso principal objetivo é construir ações que contribuam para minimizar a violência e possibilitar a inserção do adolescente em conflito com a Lei nos vários segmentos sociais: educação, trabalho, esporte, lazer e cidadania”, explica a secretária da Promoção Social, Elaine Vogel.

A noite de quinta contou com a palestra do pianista Plínio Oliveira (psicólogo, cantor, compositor e produtor da cidade de Curitiba-PR), que abordou a temática da cultura de paz e o envolvimento dos atores sociais, com músicas e interação com a plateia.

Nesta sexta houve uma apresentação do coordenador Thiago Agenor dos Santos de Lima e da equipe técnica do CREAS sobre medidas socioeducativas.

Outra palestra foi da psicóloga, Monica Maria Ribeiro Mumme, formada pelo Uni IBMR (Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação).

Monica é professora com 26 anos de experiência em coordenação de instituições de educação infantil, em formação de jovens e adultos, com especial enfoque na metodologia de Facilitação de Mudanças Educacionais.  E ainda especialista em Justiça Restaurativa e fundadora do Laboratório de Convivência.

O CREAS é uma unidade pública que oferta trabalho social as famílias e indivíduos em situação de risco pessoal e social, por violação de direitos, que demandam intervenções especializadas no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Em Andradina realiza atendimento aos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto (Liberdade Assistida e Prestação de Serviço à Comunidade) e suas famílias, através articulação com a rede socioassistencial e Serviço de Garantia de Direitos.

Ultimas Noticias