MANDADO - Polícia Civil foi ao Centro Covid para cumprir mandado

Polícia investiga denúncia de ‘fura-fila’ na vacinação em Andradina

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

 

A Polícia Civil de Andradina instaurou inquérito para apurar denúncia de que pessoas não enquadradas nos critérios determinados pelo Ministério da Saúde estavam sendo vacinadas, o que é irregular. Todo trabalho policial foi acompanhado pelo delegado Raoni Spect das Selvas, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

A reportagem apurou que a Prefeitura negou o fornecimento da relação de pessoas vacinadas. Alguns representantes do município foram enquadrados por desobediência.

Diante disso, o delegado representou e obteve na Justiça, após parecer favorável do Ministério Público, mandado de busca e apreensão, que foi cumprido na Centro Covid.

A Prefeitura informou que, “buscando manter a necessária integridade de dados sensíveis relacionados à saúde, a Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura de Andradina apenas solicitou da autoridade policial, Delegado de Polícia Titular da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) que fizesse o pedido na forma de ofício requisitório, não havendo qualquer negativa no fornecimento da lista dos vacinados”. De acordo com a Prefeitura, a relação será fornecida dentro do prazo legal, nos autos do inquérito.

Não foi divulgado quem teria sido vacinado de forma irregular e quantas pessoas teriam sido beneficiadas. O município negou qualquer irregularidade, “Esclarece ainda que todos os vacinados nesta primeira fase também são registrados no Instituto Butantã seguindo protocolo da Secretaria Estadual de Saúde para a aquisição da segunda dose”. A nota afirma que é impossível “burlar os parâmetros estabelecidos para a vacinação no Estado de São Paulo”.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Andradina vai começar a vacinação de idosos a partir de 75 anos

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Nesta terça-feira (9) a Secretaria de Saúde da Prefeitura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *