15.4 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 16, 2022

Com Plano de Carreira, quase 500 servidores deixam de ganhar menos de um mínimo

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Com quase 40 anos de espera, todos os servidores da Prefeitura de Andradina agora contam com um Plano de Carreira. O fim da longa espera aconteceu numa votação considerada histórica, na qual a maioria da Câmara aprovou quatro projetos que instituíram os Planos de Carreira para os servidores da Educação, Saúde, Administração Direta e Procuradoria.

O prefeito de Andradina recebeu a notícia em seu gabinete e afirmou que a votação eliminou desequilíbrios e injustiças do passado, principalmente para 482 servidores que não recebiam nem um salário mínimo. “O prefeito já havia assumido o compromisso que em 1 de maio nenhum servidor receberia mais valores inferiores a um salário mínimo e agora eles vão receber R$ 1.250,00. Para as demais categorias os benefícios estarão valendo a partir de 1 de junho”, explicou o secretário da Fazenda Norival Nunes.

Os novos efeitos do Plano de Carreira foram debatidos durante a visita do vereador Lucas Lopes, que contou com a presença de Norival Nunes, do  secretário de Governo Ernesto Júnior e do assessor Edgar Dourado Matos. O prefeito Mário Celso Lopes mais uma vez agradeceu a Câmara Municipal por sempre saber estudar os projetos e votar a favor do bem coletivo.     

O Projeto de Lei que cria o Plano de Carreira do Servidor Público é fruto de uma discussão da atual administração desde os primeiros meses do mandato.

 

Entenda

Antes do projeto do Plano de Carreira, os servidores eram amparados por pequenos benefícios estabelecidos pela Lei 1100, de 1.986, que deixava lacunas e não dizer não agradava os servidores.

A proposta veio modernizar a gestão e valorizar os servidores públicos, promovendo avanços para valorizar e melhorar a vida das pessoas que fazem a administração municipal em seu compromisso sagrado em atender a população.

 

ALGUNS PONTOS DO PROJETO

– 482 servidores que não ganhavam um salário mínimo passam a ganhar R$ 1.250,00.

– A referência salarial que era de 1,5%, desde 2011, passa a ser de 2% para promoção por avaliação de desempenho.

– Os servidores da Saúde e Procuradores Jurídicos passam a ter Promoção por Titulação, Promoção por Qualificação e Promoção por Antiguidade, essa promoção será para todos os servidores: da Educação, Administração, Saúde e Procuradores Jurídicos.

– O salário inicial dos médicos da Atenção Primária à Saúde, no regime de 8 horas passará de R$ 9.512,65 para R$ 16.691,04.

– O salário inicial dos enfermeiros passará de R$ 2.827,76 para R$ 3.779,81.

– Os motoristas de Ambulâncias, vans e ônibus que trabalham no transporte de pacientes e acompanhantes da área de Saúde, Promoção Social e transporte de estudantes passarão a ter uma gratificação no salário.

 

Ultimas Noticias