Home Cidades Andradina Castilho investe quase R$ 50 mil e garante leitos em UTI para casos Covid-19

Castilho investe quase R$ 50 mil e garante leitos em UTI para casos Covid-19

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – CASTILHO

A prefeita de Castilho, Fátima Nascimento assinou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), junto a Promotoria Pública para repassar à Santa Casa de Andradina auxílio financeiro no valor de R$ 49.595,16. Com esse montante, Fátima garante ao menos cinco leitos exclusivos em UTI para atender pacientes vítimas da Covid-19. “Agora completamos o ciclo, pois temos as UBS para oferecer o atendimento básico, a ala exclusiva no hospital castilhense para o atendimento intermediário e mais os leitos da UTI para casos mais complexos da doença”, relatou a prefeita.

Conforme o TAC assinado, os quase R$ 50 mil serão divididos em três parcelas, maio, junho e julho, no valor de R$ 16.531,72 cada. Os profissionais contratados farão atendimento 24 horas em setor de isolamento SUS da própria Santa Casa.

“Estamos sempre intensificando nossas ações e ao mesmo tempo nos prevenindo com medidas eficientes que possam dar um mínimo de dignidade aos castilhenses que necessitarem de tratamento para a Covid-19”, disse a a prefeita castilhense.

O TAC assinado pela por Fátima Nascimento também foi assinado pelos demais prefeitos da região, como Andradina, Nova Independência e Murutinga do Sul. Os municípios pagarão R$0,787 correspondente a cada habitante. Sendo assim, Andradina com 57.157 moradores pagará R$ 44.982,56 por mês. Nova Independência com 3.969 habitantes repassará R$ 3.123,60 e Murutinga com 4.486 munícipes pagará à Santa Casa R$ 3.530,48 mensal. Juntas, as quatro cidade repassarão um total de R$68.168,36 para que a Santa Casa mantenha a ala exclusiva no enfrentamento da Covid-19.

Em contrapartida, a Irmandade Santa Casa de Andradina deverá oferecer aos municípios ao menos cinco leitos de UTI, 14 leitos clínicos e quatro pediátricos e com todos equipamentos necessários. Além dos profissionais como médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem.


Compartilhe esta notícia!