Alunos de universidade poderão fazer estágio no CPI-10

O alto escalão da Polícia Militar de Araçatuba recebeu na manhã dessa quarta-feira (1) coordenadores de uma universidade de Araçatuba a fim de firmarem uma parceria para que os alunos da instituição possam fazer estágio no CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior).

Conforme informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o Comandante do Policiamento do Interior 10, coronel Rodrigo Arena, acompanhado do capitão Montanari, chefe da seção Correcional de Polícia Judiciária Militar e Disciplina, receberam no Salão Nobre Helton Laurindo Simoncelli, coordenador do curso de Direito, e a coordenadora do Núcleo de Práticas de Ciência Jurídica, Cibele Rodrigues, da Universidade Salesiano, para tratar sobre a parceria entre as entidades, a fim de que o CPI-10 possa receber alunos para estagiar na seara do Direito Militar.

“Em princípio os alunos irão estagiar com fito no Direito Militar, mas existe a possibilidade de a parceria ser ampliada para a parte de Contabilidade, junto à Seção de Despesa Orçamentos e Custos, para a matéria de Administração, na Seção Administrativa, entre outras”, informou a PM.

A Unisalesiano já tem parceria com o CPI-10 ofertando aos policiais militares 50% de desconto nas mensalidades dos diversos cursos superiores. “Agora chegou a vez do CPI-10 oferecer oportunidades aos alunos da universidade, a fim de cumprirem os requisitos acadêmicos de estágios”.

“Outra ótica sobre o assunto é poder trazer um pouco mais de conhecimento aos estudantes do curso de Direito sobre a esfera Penal e Processual Penal Militar. Com o advento da Lei 13.491/17, que ampliou os crimes militares, instituindo os crimes militares por “extensão”, trouxe alívio para os trabalhos da Polícia Judiciária (Polícia Civil) e da Justiça Comum”, complementou a Polícia Militar.

Veja também

Araçatuba bate novo recorde de infecções em 24 horas pela Covid-19

Araçatuba bateu novo recorde de casos positivos de Covid-19 em apenas 24 horas. Foram constatadas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *