Polícia Ambiental multa em R$ 68 mil por irregularidades ambientais

A Polícia Militar Ambiental realizou diversas fiscalizações na região de Araçatuba e Andradina e elaborou autuações que totalizaram mais de R$ 68 mil por diversas irregularidades ambientais, entre elas a de manter pássaros da fauna silvestre em cativeiro irregular, foco de queimada e apreensão de madeira.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, em Bilac, os policiais e uma equipe da Vigilância Sanitária constataram situação de maus-tratos a um cachorro e dois jabutis. A proprietária dos animais foi levada até a delegacia e prestou esclarecimentos. O delegado plantonista manteve a prisão dela em flagrante e não estipulou fiança.

O cão permaneceu aos cuidados da ONG São Francisco de Assis e os jabutis foram destinados ao Núcleo de Fauna da Superintendência do Estado de São Paulo – Estância Natureza, localizado em Lins. Diante disso foi elaborado na esfera administrativa dois autos de infração ambiental no valor de mil reais e outro por praticar ato de maus tratos a animal doméstico no valor de três mil reais. Em Turiúba, a polícia autuou o proprietário de uma área por conta de foco de queimada. O local queimado foi de 35,863 hectares.

Veja também

Polícia Ambiental fiscalizou 30 pontos de venda de peixe

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Nos dias de 21 e 22 de outubro de 2021 a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *