Home Plantão Policial PM e Vigilância Sanitária fecham festa clandestina com 800 pessoas

PM e Vigilância Sanitária fecham festa clandestina com 800 pessoas

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

A Polícia Militar e a Vigilância Sanitária de Araçatuba fecharam uma festa clandestina, na noite de sexta-feira (20), em uma área localizada na rua Felismino Rodrigues de Carvalho, no bairro Chácaras Arco-Íris, zona norte do município. O evento tinha cerca de 800 pessoas e ocorria livremente durante a pandemia de coronavírus.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL apurou que a Vigilância Sanitária já tinha informações de que uma festa seria realizada em uma chácara no bairro. Por conta disso, a área foi interditada. Mas, os organizadores teriam encontrado outro espaço, perto dali, e realizaram a festa clandestina.

Policiais militares faziam patrulhamento de rotina quando receberam informações do Copom (Central de Operações da Polícia Militar) a respeito do que ocorria naquele momento. Ao chegarem até o endereço, outras viaturas já se encontravam ali, inclusive de policiais do Baep (Batalhão de Ações Especiais).

Os cerca de 800 convidados se dispersaram com a chegada da PM. Durante vistoria foram apreendidos aparelhos de som, notebooks, máquinas de cartão e quase R$ 20 mil em dinheiro. A festa não poderia ocorrer, de acordo com as determinações sanitárias sobre aglomerações e distanciamento social.

O organizador da festa, um barbeiro de 26 anos, o tesoureiro também da mesma idade e dois DJs, um de 19 e outro de 21 anos, foram identificados e levados até a Central de Flagrantes para prestarem esclarecimentos na presença de um advogado. Eles foram ouvidos e liberados algumas horas depois.

O delegado plantonista realizou a apreensão de todos os objetos e registrou o caso como infração de medida sanitária preventiva. Um inquérito será aberto pela Polícia Civil para dar andamento às investigações nos próximos dias.


Compartilhe esta notícia!