12.9 C
Araçatuba
sexta-feira, agosto 19, 2022

PM apreende armas em chácara suspeita de abrigo para roubo da Protege

A Polícia Militar apreendeu ontem à tarde duas espingardas e uma besta (arma artesanal) em uma chácara em Buritama. Um homem de 47 anos que estava na propriedade foi detido e conduzido a Araçatuba para ser ouvido na Delegacia de Polícia. Os detalhes do depoimento não foram revelados. A polícia chegou à propriedade por meio de denúncia anônima. Há suspeita de que um dos caminhões usados na ação do roubo da Protege, na madrugada de segunda-feira (16), ficou guardado na propriedade.

Segundo o capitão Vander Luis Duarte dos Santos, da Força Tática, desde o roubo a polícia não tem parado. Concentrou todos os esforços para identificar possíveis locais onde os assaltantes ficaram. Já foram localizadas propriedades em Coroados, Brejo Alegre e agora Buritama. “Contamos com a colaboração da população. Quem viu pessoas estranhas ou grupos em atitudes estranhas, pode nos informar anonimamente”, disse o capitão.

De acordo com o capitão Duarte, a denúncia que chegou à polícia é de que um caminhão usado no roubo ficou na propriedade. Apurados que um homem deixou a carreta na quarta-feira e retornou apenas no sábado (14), levando o cavalo mecânico e deixou a carreta”, disse o capitão. A polícia está apurando se o cavalo mecânico é o mesmo que foi incendiado ao lado do quartel para impedir a saída das viaturas.
O homem que estava na propriedade foi ouvido e conduzido ao plantão devido à posse irregular de arma de fogo.

Além das espingardas, havia muita munição. Outro detalhe é que a espingarda calibre 38 estava adaptada para calçar bala 38 e tinha silenciador acoplado.

ROUBO
Na madrugada do dia 16, aproximadamente 40 ladrões fortemente armados desenvolveram ações em todo o bairro Santana para explodir e roubar a Protege. O quartel da Polícia Militar foi sitiado, impedindo que as viaturas saíssem para combater os criminosos. O policial civil André Luiz Ferro foi assassinado pelos ladrões. A informação é de que os ladrões levaram R$ 10 milhões.

Antônio Crispim

Ultimas Noticias