Mulher é detida com suposta maconha sintética

Compartilhe esta notícia!

Uma mulher foi detida na noite de sexta-feira (5) depois de ser flagrada pela Polícia Militar com uma substância aparentando ser maconha sintética. Ela confessou que levaria o produto até outra pessoa na porta da Penitenciária de Lavínia. Depois de ser ouvida na delegacia, ela foi liberada.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL apurou que os policiais militares faziam patrulhamento de rotina quando abordaram um veículo GM/Classic de São Bernardo do Campo ocupado por uma ajudante, de 25 anos, moradora na capital paulista.

Uma policial feminina realizou busca pessoal e localizou 75 pedaços de uma folha áspera, sendo 41 na cor amarela e 34 azul, aparentando ser uma substância sintética conhecida como K4. A indiciada revelou que pegou a droga de uma mulher na estação da Barra Funda, em São Paulo, e que iria entregar para outra pessoa na porta da Penitenciária de Lavínia. Apesar disso, ela não soube informar o nome dessa pessoa, mas revelou que ganharia R$ 600,00 pela entrega.

A mulher disse que o marido dela está preso na Penitenciária 3 de Lavínia cumprindo pena de 11 anos por roubo. Diante das evidências, a suspeita recebeu voz de prisão e foi conduzida até a delegacia de Mirandópolis. O delegado apreendeu a substância e a encaminhou para análise no Instituto de Criminalística. Apesar disso, ele decidiu liberar a autora por conta da confirmação se o produto é entorpecente ou não. A Polícia Civil abrirá inquérito para dar andamento às investigações.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Polícia Rodoviária apreende carreta com 400 mil maços de cigarros contrabandeados

Compartilhe esta notícia!Um homem de 47 anos foi preso na noite de terça-feira (2) depois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *