Mais de dez pessoas são presas em operação contra o tráfico

Compartilhe esta notícia!

Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar de Guararapes cumpriu dez mandados de prisão temporária e efetuou cinco prisões em flagrante na manhã dessa terça-feira (20). Os trabalhos foram desencadeados para combater o tráfico de drogas e a associação ao tráfico. Equipes do Baep (Batalhão de Ações Especiais), Canil e Força Tática apoiaram no cumprimento dos mandados de buscas e apreensões.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL apurou que ao todo foram expedidos 31 mandados de buscas. As investigações começaram em dezembro do ano passado quando a Polícia Civil apreendeu o celular de um investigado. Nele existiam conversas a respeito da comercialização de entorpecentes na cidade.

Um dos investigados se apresentou como tatuador e tinha um veículo Ford/Edge, avaliado em cerca de cem mil reais. O automóvel, segundo o delegado responsável pelas investigações Ronaldo Marcos Jacob, não é compatível com os bens do indiciado, por isso foi sequestrado e apreendido para averiguação.

Durante os cumprimentos dos mandados foram apreendidas diversas porções de cocaína e de maconha, além de quantias em dinheiro, duas armas de fogo e munições. A partir de agora, a polícia irá investigar se os revólveres podem ter ligação com homicídios ou outros tipos de crimes na cidade.

A operação foi denominada de Babilônia, por conta do império montado pelos criminosos. Muitos levavam vida de luxo. A polícia apreendeu vários aparelhos celulares que serão analisados a partir de agora. Todos os presos foram encaminhados para a delegacia de Guararapes e prestaram depoimento. Eles permaneceram detidos, à disposição da Justiça e seriam transferidos para a cadeia pública de Penápolis até decisão judicial.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Homem é preso com entorpecentes em Ilha Solteira

Compartilhe esta notícia!Um homem de 27 anos foi preso na noite de sexta-feira (7) depois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *