GOE prende mãe e filha por receptação de baterias de telefonia furtadas

Compartilhe esta notícia!

Mãe e filha, de 41 e 20 anos, foram presas em flagrante no início da noite de segunda-feira (5) depois que policiais civis do GOE/Deic (Grupo de Operações Especiais) localizaram 20 baterias de telefonia, a grande maioria furtada, em um ferro-velho pertencente à família das suspeitas na rua Carlos Berger, no bairro Verde Parque, em Araçatuba.

Conforme informações do boletim de ocorrência, os policiais tomaram conhecimento a respeito do furto das baterias em Lavínia. Diante disso, a equipe decidiu percorrer diversos ferros-velhos na cidade a fim de encontrar os objetos. No estabelecimento localizado no bairro Verde Parque, a jovem de 20 anos demonstrou nervosismo ao avistar a viatura policial.

Em vistoria no local, a polícia encontrou 20 baterias usadas da mesma marca. Mãe e filha foram identificadas como proprietária e funcionária do ferro-velho. Elas confessaram que durante a tarde um indivíduo desconhecido ali esteve e ofereceu três baterias pelo valor de R$ 5,80 o quilo.

Sobre as outras 17 baterias, elas informaram que foram adquiridas em dias anteriores. Em contato com a vítima do furto em Lavínia, este reconheceu os três objetos sem sombras de dúvidas. Todos os produtos foram levados à Central de Flagrantes. Lá, um representante da Vivo foi contatado e fez o reconhecimento de mais 14 baterias da empresa furtadas em diversas situações distintas nos últimos meses na região.

Diante de todas as informações, o delegado plantonista deu voz de prisão a mãe e filha pelo crime de receptação, deixou de estipular fiança e as colocou à disposição da Justiça. Ambas foram transferidas na manhã dessa terça-feira (6) para a cadeia pública feminina de Tupi Paulista, onde deverão aguardar decisão judicial. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento aos trabalhos investigativos.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Ação conjunta prende estelionatários em Andradina

Compartilhe esta notícia!Um pedreiro de 25 anos e uma jovem, de 19, foram presos na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *