15.4 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 16, 2022

Corpos de vítimas de acidente na SP-463 são enterrados

Uma tragédia em família. A volta para casa depois de um dia de consultas médicas terminou com mortes na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), em Araçatuba. Três pessoas da mesma família morreram no acidente. Os corpos foram enterrados no fim da tarde de sábado em Santo Antônio do Aracanguá, cidade de origem dos envolvidos. Uma terceira vítima, de apenas oito anos de idade, está internada em estado grave.

 

O velório da secretária Maria Cristina Machado de Carvalho, 41 anos, da filha Isadora Machado de Carvalho, 17, e do aposentado Antonio Machado, 69, pai da secretária e avô da adolescente, foram velados durante todo o sábado na Câmara de Vereadores de Santo Antônio do Aracanguá.

 

Amigos e familiares lotaram o espaço para dar o último adeus às vítimas do trágico acidente. Muitos ainda não conseguiam acreditar no que havia acontecido, pela tamanha violência que a batida ocorreu no início da noite de sexta-feira (14). Depois de serem velados, os corpos seguiram para o cemitério do município, onde foram sepultados por volta das 17h.

 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o acidente aconteceu por volta das 18h. As três vítimas que morreram e uma criança de oito anos, esta a única sobrevivente do veículo que a família estava, seguiam com um automóvel VW/Gol no sentido Araçatuba/Santo Antônio do Aracanguá. Uma testemunha informou que a batida ocorreu quando um caminhão prancha, em alta velocidade, teria colidido na traseira do carro conduzido pela secretária.

 

Ela perdeu o controle da direção, rodou na pista e foi atingida em cheio por uma caminhonete Ford/250 e um caminhão de pequeno porte. Com o impacto, a mulher e a filha mais velha morreram no local. O idoso e a neta mais nova, que estavam no banco de passageiros foram socorridos por equipes do Resgate, do Corpo de Bombeiros, e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência) até o pronto-socorro da Santa Casa. Antônio deu entrada no setor de emergência e urgência ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 22h.

 

Já a criança continua internada na UTI Neonatal(Unidade de Terapia Intensiva) do hospital. De acordo com o último boletim médico divulgado pela assessoria de imprensa da Santa Casa, o estado de saúde da paciente é considerado grave, porém estável. Ela sofreu fraturas na bacia e na tíbia.

 

O motorista do caminhão que teria provocado o acidente fugiu sem prestar socorro e até o fechamento desta edição não tinha sido localizado. Os outros condutores sofreram ferimentos leves.  Os corpos das vítimas ficaram presos às ferragens e foi necessária a vinda de outras equipes dos bombeiros para fazer a retirada. Depois, todos foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal), onde passaram por exame necroscópico. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações.

 

A perícia técnica esteve no quilômetro 51, local da tragédia, e colhe evidências que possam ajudar nas imediações. Um inquérito foi aberto pelo terceiro distrito policial do município para dar andamento ao caso. Por conta do acidente, o trânsito na rodovia ficou bastante prejudicado, causando lentidão. Por esse motivo, policiais rodoviários e da PM fizeram a orientação para que outro acidente não ocorresse ali.

Ultimas Noticias