Home Cidades Secretaria intensifica vacinação contra o sarampo nas unidades de saúde

Secretaria intensifica vacinação contra o sarampo nas unidades de saúde

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio da coordenação do Setor de Imunização, está intensificando a vacinação contra o sarampo, a partir desta última semana de agosto, principalmente, em crianças de seis meses a menores de um ano de idade, em todas as Unidades de Atenção Básica de Saúde , os popularmente conhecidos “Postos de Saúde” dos bairros.
A medida segue a orientação do Ministério da Saúde, divulgada em Nota Informativa nº 173/2019, da Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunização (CGPNI). Segundo consta nessa Nota Informativa, “as crianças de seis meses a menores de um ano de idade que vão se deslocar para municípios que apresentam surto ativo de sarampo devem ser vacinadas contra a doença pelo menos 15 dias antes da data da viagem”.
Nesta mesma Nota, o Ministério da Saúde alerta que, “em 2019, o vírus do sarampo continua em circulação, com 646 casos confirmados até a semana epidemiológica 30 (21/07 a 27/07/2019), sendo que o surto se mantém ativo em 39 municípios”.
Ainda segundo recomendações do Ministério da Saúde, “para interromper a cadeia de transmissão do vírus do sarampo, diversas ações vêm sendo implementadas, tais como: bloqueio vacinal seletivo, intensificação da rotina de vacinação e campanhas de vacinação para a população de 15 a 29 anos de idade”.
Em Três Lagoas, conforme informou a coordenadora do Setor de Imunização, enfermeira Humberta Azambuja, apesar de não ter registro de casos de sarampo, todas as Unidades de Saúde possuem a vacina Tríplice Viral (TV) de imunização contra o sarampo, caxumba e rubéola.
Em todas as Unidades de Atenção Básica de Saúde, existem profissionais capacitados a orientar pais ou responsáveis sobre a necessidade de imunização das crianças contra o sarampo.
“Para tanto, é necessário que, ao procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência, o pai, a mãe ou a pessoa responsável pela criança, leve consigo a Carteira de Vacina para que seja atualizada”, recomendou a enfermeira Humberta.

a6 criança sarampo

 


Compartilhe esta notícia!