Home Cidades Três Lagoas PSDB tem queda no número de vereadores, mas mantém maior bancada entre as maiores cidades da região

PSDB tem queda no número de vereadores, mas mantém maior bancada entre as maiores cidades da região

8 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Um levantamento feito pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL mostra que o PSDB continua com a maior bancada de vereadores entre as principais cidades da área de cobertura do SRC, apesar da queda no número de parlamentares eleitos no último domingo em relação às eleições municipais realizadas em 2016.

Considerando apenas os municípios acima de 50 mil habitantes – Araçatuba, Andradina, Birigui, Penápolis, Lins e Três Lagoas (MS) – o PSDB elegeu 12 parlamentares para as respectivas Câmaras Municipais, sendo que em 2016 eram 15 vereadores do partido nestas seis cidades.

O partido manteve intacta a maior parte da bancada na Câmara de Três Lagoas, com 5 representantes, mas perdeu metade dos seus parlamentares em Araçatuba – caiu de 4 para 2 – além de ter perdido um vereador em Lins, ficando com apenas um no município.

O DEM aparece na segunda posição, com 9 parlamentares eleitos para a próxima legislatura. O partido perdeu um parlamentar em relação à atual, onde há 10 vereadores do partido.

Andradina, Araçatuba e Penápolis perderam parlamentares do partido. As três tinham 2 vereadores e terão apenas 1 a partir do ano que vem. Porém, em Três Lagoas, a bancada aumentou, sendo que agora serão 3 vereadores do partido, contra apenas 1 na atual.

O MDB vem logo em seguida com 8 parlamentares eleitos para a próxima legislatura. O partido também perdeu representatividade em relação a 2016. O MDB tinha 11 parlamentares, agora tem três a menos.

A diminuição no número de vereadores do MDB ocorreu em Andradina, onde os três parlamentares do partido que estão atualmente na câmara deixarão as suas bancadas a partir de 2021. O partido perdeu representatividade também em Penápolis (caiu de 3 para 2) e em Lins (caiu de 2 para 1), mas ganhou em dois vereadores novos em Três Lagoas (subindo de 1 para 3).

Outro partido que teve queda no número de vereadores eleitos, mas que continua com boa representatividade é o PSD. Sete parlamentares do partido vão ocupar vagas nas Câmaras Municipais dos seis principais municípios da região a partir de janeiro, sendo que na atual legislatura são 9 cadeiras ocupadas.

Crescimento

Entre os partidos que mais cresceram em representatividade estão o PP e o Podemos. O PP, que não tem nenhum vereador em exercício atualmente, passará a contar com 5 a partir do ano que vem, ganhando representantes em Araçatuba, Andradina e Lins.

Já o Podemos passará de 2 para 6 vereadores, se tornando, inclusive, a quarta maior bancada entre as principais cidades. Além de manter os dois parlamentares em Andradina, o partido agora terá representares em Araçatuba, Penápolis, Lins e Três Lagoas.

O PSL foi outro partido que ganhou mais 4 parlamentares para os próximos quatro anos. Enquanto atualmente o partido só tem um vereador em Araçatuba, a partir do ano que vem, além de dobrar a bancada na maior cidade da região, ainda ganhou mais dois representantes em Birigui e um em Lins.

Queda

A sigla que mais teve queda no número de cadeiras considerando os seis municípios foi o PTB. Além de perder a prefeitura de Birigui, o partido, que tem atualmente 7 vereadores em exercício, terá apenas dois a partir de 2021.

O maior impacto aconteceu justamente em Birigui, onde a bancada do PTB cairá de 5 para apenas 2 vereadores. O partido perdeu também os parlamentares que mantinha em Andradina e Penápolis.

O Cidadania também foi outro que sofreu uma queda considerável. De 9 parlamentares atualmente, serão 5 a partir do ano que vem, 4 a menos.

A queda ocorreu principalmente em Lins, onde o partido passará a não ter nenhum representante, sendo que atualmente são três parlamentares em exercício. Em Birigui, a bancada diminuiu de 3 para 2 parlamentares.

Partidos como o PROS e o PSC perderam os únicos vereadores que tinham e ficarão sem representantes nos próximos 4 anos. O PROS atualmente tem um vereador em Lins, enquanto o PSC possui um em Três Lagoas.

PT

Um dos mais tradicionais partidos do país, o PT segue com baixíssima representatividade nas principais cidades da região. O partido até conseguiu dobrar a sua participação na bancada regional: de um parlamentar em Birigui, a partir do ano que vem passará a ter dois, mantendo o vereador biriguiense e ganhando um em Penápolis.

Sua bancada, porém, é menor que a de partidos mais modestos como PV (3), Avante (4) e Solidariedade (5), e igual a de partidos como o Patriota e o PSB, que também terão dois representantes.

 


Compartilhe esta notícia!