DESTAQUE - Além do aspecto religioso, restauração da igreja é resgate da história de Três Lagoas

Obra de restauração da Igreja de Santo Antônio será inaugurada neste domingo

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Depois de passar por restauração, a Igreja de Santo Antônio volta a receber visitas a partir da manhã deste domingo (19). A cerimônia tem início às 8h com uma carreata que segue da praça da Jardim Alvorada em direção à Praça Ramez Tebet onde será celebrada uma missa e na sequência acontece a inauguração da Igreja.

História
A Igreja de Santo Antônio foi construída em 1914 em um terreno doado por Teotônio Mendes, comerciante que chegou a Três Lagoas em 1912.

De acordo com o historiador e diretor de Turismo, Rodrigo Fernandes, a construção da igreja foi uma forma de homenagear os portugueses que viviam em Três Lagoas, e ao padroeiro Lusitano Santo Antônio de Pádua, também conhecido como Santo Antônio de Lisboa.
Ponto turístico em Três Lagoas, a Igreja de Santo Antônio foi tombada pelo patrimônio histórico de 1982 pelo então prefeito Dr. Lúcio de Queiroz Moreira.
Ao longo de seus 107 anos de história, a Igrejinha de Santo Antônio já recebeu visitas ilustres como as de Jânio Quadros, Tenório Cavalcante, Juscelino Kubitschek, Fernando Correia da Costa e do filho primogênito da última princesa imperial do Brasil, D. Isabel de Bragança e do príncipe francês, Gastão de Orléans, Conde d’Eu, Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança.
A igrejinha já passou por três processos de restauração, sendo a primeira no ano de 1939, a segunda em 2003 e a terceira que teve a ordem de serviço assinada no final de 2020 e será entregue no domingo (19).

PROGRAMAÇÃO
– 8h – Carreata levando a imagem do Santo Padroeiro de Três Lagoas Santo Antônio, da praça do Jd. Alvorada até a Praça Ramez Tebet.
– 9h – Missa na Praça Ramez Tebet.
– Após o término da missa, será a inauguração da restauração da Igreja de Santo Antônio.

 

Veja também

Araçatuba bate novo recorde de infecções em 24 horas pela Covid-19

Araçatuba bateu novo recorde de casos positivos de Covid-19 em apenas 24 horas. Foram constatadas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *