SONY DSC

Médicos de Brasilândia se reúnem para definir ações

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – BRASILÂNDIA

Na manhã desta quarta-feira (18), os médicos do Hospital Júlio César Paulino Maia e das unidades de Saúde de Brasilândia se reuniram para determinar medidas preventivas contra o Coronavírus. A reunião foi na sede do Hospital.
CONSULTAS MÉDICAS
A partir de agora, acompanhantes para pacientes em consultas médicas serão somente para menores de 18 anos e maiores de 60 anos dentro do Hospital ou nas estratégias de Saúde da Família.
Os médicos emitirão temporariamente as receitas de uso contínuo, com intuito de evitar o fluxo de pessoas dentro das unidades de Saúde.
Os exames de check up estarão suspensos temporariamente e só terá prioridade os casos mais urgentes.
MÁSCARAS
As máscaras só podem ser utilizadas por pessoas com gripes ou resfriados, cuidador de pessoas com gripe ou profissionais de Saúde.

SUSPENSÃO DAS AULAS
A partir da próxima segunda-feira (23) o transporte escolar para todas as unidades da Rede Municipal e Estadual de Ensino de Brasilândia estarão suspensos por 15 dias. A medida é uma das ações de prevenção contra o Coronavírus (COVID-19) estabelecida nesta manhã desta quarta-feira (18), pelo prefeito Antonio Thiago e também do Decreto Municipal 5133/20.
O prefeito salientou que as unidades estarão abertas para os pais ou responsáveis que não tem onde deixarem as crianças. Essa medida seria um “plano B” em especial para aqueles que necessitam trabalhar e não podem deixar as crianças com os avós – já que são considerados grupos de riscos.
“A escola estará fechada? Sim, mas para evitar aglomeração. Porém aquele pai ou família que não tem onde deixar as crianças e precisa trabalhar, essas pessoas podem levar as crianças na escola? Sim e a nossa equipe sempre estará primando pela segurança”, disse.
Além disso, as crianças que não comparecerem neste período não sofrerão penalidades e terão as faltas abonadas.
DETERMINAÇÃO
A determinação do prefeito segue de acordo com as o decreto 15.393 do Governo do Estado emitido na tarde da última terça-feira (17), na qual suspende as aulas presenciais no período de 23 de março a 6 de abril, sendo que o período de 18 a 20 de março será de adaptação para a comunidade escolar.
A medida atingirá aproximadamente 2 mil alunos e aproximadamente 135 professores da rede municipal de ensino.
O prefeito Dr. Antonio Thiago convocou uma reunião de urgência na manhã desta quarta-feira (18) com os diretores de todas as unidades e com os secretários municipais, para informar sobre as medidas preventivas contra o Coronavírus.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Maffeis acompanha primeira semana de volta às aulas na rede municipal

Compartilhe esta notícia!Após um ano das aulas presenciais serem suspensas devido à pandemia da covid-19, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *