Home Cidades Grupo de mães é recebido pelo prefeito

Grupo de mães é recebido pelo prefeito

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Um grupo de mães, integrantes da Associação Fazendo a Diferença de Pais, Amigos e Profissionais do Transtorno do Espectro Autista de Três Lagoas (FADA-TEA) foi recebido pelo prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, na tarde desta terça-feira (27), na sala de reuniões do Gabinete.
Na reunião, com a finalidade de encontrar solução para o impasse da implantação de projeto de Equoterapia para crianças, adolescentes e jovens autistas, em Três Lagoas, estavam também presentes a secretária de Saúde, Angelina Zuque; e o secretário-geral da Prefeitura , Cassiano Maia.
Falando em nome da FADA-TEA, Giseli de Araújo Vergete expôs ao prefeito Angelo Guerreiro a reivindicação de se implantar em Três Lagoas a Equoterapia, “comprovadamente muito importante para a qualidade de vida dos autistas”.
Para a implantação desse projeto, sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, há necessidade de “encontrarmos uma forma adequada e legal de fazermos valer este projeto”, observou a secretária Angelina.
“É um sonho meu, que alimento há anos e que já pretendia executá-lo em Três Lagoas, quando ainda deputado estadual”, recordou o prefeito de Três Lagoas.
“Podem contar com a Prefeitura de Três Lagoas para colocar em prática esse sonho de melhor atendermos às nossas crianças, adolescentes e jovens autistas”, assegurou Angelo Guerreiro, ao parabenizar o grupo de mães por esta mobilização de reivindicações.
Por sua vez, o secretário Cassiano Maia propôs que se faça estudo, “de imediato sobre melhor caminho legal para o atendimento desta importante reivindicação das mães de autistas”, disse.
“Vamos estudar e ver se há ou não a possibilidade de chamamento público para abertura de licitação deste tipo de serviço, ou se é possível ser executado diretamente pela SMS de Três Lagoas”, comentou.

 

 


Compartilhe esta notícia!