OBRAS - Governador Reinaldo Azambuja fala sobre os investimentos nos 79 municípios do estado - CHICO RIBEIRO

Governador confirma entrega do Hospital Regional no primeiro semestre de 2021

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O municipalismo foi o carro-chefe do Governo de Mato Grosso do Sul no ano de 2020. Os investimentos nas mais diversas áreas da administração pública foram realizados pela gestão estadual, mesmo diante da pandemia do Covid-19. Nesta quarta-feira (09), em entrevista a uma emissora de rádio, o governador Reinaldo Azambuja enumerou as entregas e ações feitas e reafirmou o compromisso de manter os investimentos que promovem o desenvolvimento de todo o Estado. Durante a entrevista, o governador falou sobre o Hospital Regional de Três Lagoas e garantiu o funcionamento no primeiro semestre do próximo ano.

A expectativa de investimentos nos municípios pelo Governo do Estado para os próximos anos ultrapassa os R$ 4 bilhões em obras que irão contemplar as 79 cidades. “Hospital Regional em Três Lagoas, Dourados e Corumbá. Melhorias das estruturas de rodovia com cerca de 1000 quilômetros de estradas que vão ser recapeadas, recuperadas e construídas, 160 pontes de concreto, saneamento com mais de R$ 1 bilhão em obras de esgotamento sanitário. Tudo isso tem um planejamento e isso vai chegar nas 79 cidades. Todas elas têm investimentos do Governo e terão mais investimentos que nós vamos conversar com os prefeitos eleitos e com os reeleitos”, planeja o governador até 2022.

Na entrevista, na qual respondeu perguntas de emissoras do interior. Reinaldo Azambuja falou sobre as obras relacionadas à Rota Bioceânica. !”Vamos iniciar a construção da ponte que divide o Brasil com o Paraguai, terminar a obra que dá acesso aos portos que as carretas estragaram muito. Estamos terminando a obra de R$ 28 milhões que é o acesso a todos os terminais portuários. Iniciamos o acesso ao estacionamento das carretas que é uma obra na BR 267. Vamos fazer um grande trabalho de infraestrutura urbana de recapeamento, de reconstrução de vias públicas.”, afirmou sobre investimentos em Porto Murtinho.

 

HOSPITAL REGIONAL DE TRÊS LAGOAS

O governador Reinaldo Azambuja admitiu atraso na entrega do Hospital Regional de Lagoas. “Realmente teve esse atraso e não é por culpa do Estado. Não faltou recurso, o que teve foi uma discussão entre a equipe técnica da empresa ganhadora da licitação e a equipe técnica da nossa secretaria de infraestrutura, eles pleiteavam aditivos que nos entendemos que não era possível atender. Mas agora estamos concluindo”, disse o governador

“Vamos fazer o acesso lateral à BR 158, é uma obra para dar uma pista lateral com segurança. E posso dizer que no primeiro semestre não teremos só entrega, teremos Hospital entregue e equipado. A obra física é fácil, o duro é equipar e pôr em funcionamento um hospital”, acrescentou.

De acordo com o governador, já está sendo visto quem será a equipe gestora do hospital. “Já estamos vendo quem será a equipe gestora por parte da saúde. Aproveitar os bons profissionais que temos em Três Lagoas, criar uma nova estrutura e equipar. Já estamos com os recursos e licitações de todos os equipamentos do Hospital de Três Lagoas em andamento. Então no início do ano vamos receber a obra, montar os equipamentos e saber quem será a estrutura responsável pelo funcionamento do primeiro hospital de média e alta complexidade da costa leste. Além de hospital, será hospital escola para a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)”, concluiu o governador Reinaldo Azambuja. (Com informações Sucom)

 

CONCLUSÃO – Governador garantiu que os recursos estão disponíveis e as licitaçõesa para equipamentos estão em andamento

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Saúde inicia ‘fumacê’ em vários bairros para combater mosquito da dengue

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *