14.3 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 26, 2022

Dia de Finados reúne cerca de 11 mil pessoas no Cemitério

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O Dia de Finados foi marcado por muita emoção e lembranças de entes queridos por todos que passaram no Cemitério Municipal “Campo Santo de Santo Antônio”. Foram celebradas três missas e a população pôde conhecer as melhorias que foram feitas no local pela Administração Municipal. Mais de vinte vendedores cadastrados comercializaram flores, velas, bebidas não alcoólicas entre outras itens.

“Foram instaladas catracas na portaria, para que existisse um controle maior sobre a quantidade de pessoas que visitaram o cemitério durante todo o dia e assim podermos administrar melhor os cuidados necessários com banheiros e limpeza, mantendo sempre a ordem no local. A nossa expectativa é de que 20 mil pessoas venham ao cemitério até domingo”, informou o secretario Gilmar Tabone, da Secretaria Municipal de Administração.

As missas, que aconteceram pela primeira vez no cemitério durante o Dia de Finados foram celebradas em três horários diferentes, a primeira pelo Bispo Dom Luiz Gonçalves Knupp e Padre Rogério Fernandes Gomes, a segunda pelo Padre Júlio e a terceira pelo Padre José.

“É muito emocionante poder participar de um momento como esse e ver que nós ajudamos a melhorar tantas coisas no cemitério para que a nossa população se sinta aconchegada ao vir visitar os entes queridos. Vou sempre continuar me preocupando em melhorar lugares de Três Lagoas que estavam abandonados, como aqui no Cemitério”, afirmou o Prefeito Angelo Guerreiro.

Mais de 11 mil pessoas visitaram o cemitério nessa data, uma delas foi a professora aposentada, Neide Kalil, que comentou sobre o significado do dia. “Devemos sempre analisar a vida em um sentido amoroso, se você planta flores, colhe flores, se planta espinhos, colherá espinhos. Esse dia foi feito para que pudéssemos refletir e pensarmos ainda mais nos nossos amigos e parentes que agora se encontram aqui”, comentou.

“Esse lugar ficou com um ar de cuidado, de capricho, acolhimento. Precisamos cuidar do que é bom e essa gestão ter se preocupado com o cemitério foi algo muito importante. Cada detalhe, a pintura, a reforma, o cruzeiro que agora ficou muito mais bonito, tudo foi de extrema importância para que esse dia fosse ainda mais especial”, finalizou Neide.

A população conseguiu perceber diversas melhorias no cemitério após a reforma. “Estava um abandono, estava horrível, não tinha como andar com tantos buracos. Tudo o que foi feito está maravilhoso, quando você chega o visual já te conquista, e aí paramos pra ver os detalhes e percebemos que muitas coisas melhoraram”, informou a aposentada Iracélia Máximo da Silva.

-x-x-x

 

Ultimas Noticias