AVANÇADA - A ponte da Lagoa Amarela tem custo de quase R$ 900 mil

Compostagem de resíduos orgânicos é a nova aposta do Agronegócio

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O Departamento de Agronegócio e Desenvolvimento Rural, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (Semea), deu início ao Projeto piloto de compostagem de resíduos orgânicos em Três Lagoas.

A ideia é trabalhar a sustentabilidade e reaproveitamento de folhagens, restos vegetais e materiais de poda para ser utilizado nas ações da Semea e, posteriormente, auxiliar os pequenos produtores rurais no cultivo de hortifrútis, mudas de plantas e árvores.

Segundo a diretora do Departamento de Agronegócio e Desenvolvimento Rural, Amanda Pivotto, um projeto piloto já foi iniciado, onde estão sendo testados diferentes materiais orgânicos. “Neste primeiro momento estamos aproveitando o material triturado obtidos da poda de árvores da Elecktro, mas estamos licitando equipamento próprio. No Viveiro Municipal esse material é enriquecido com materiais orgânicos, sendo estercos, calcário e outros, virando um adubo orgânico. Esta mistura será utilizada em nossas mudas, em canteiros e locais públicos”, explicou.

O engenheiro agrônomo do Departamento, Manoel Latta, acompanha o processo de decomposição do material utilizado que, futuramente, poderá ser doada para pequenos produtores agroecológicos da região de Três Lagoas. “Pretendemos obter um composto orgânico de qualidade para agregar valor na produção de pequenos produtores rurais. Com o projeto piloto poderemos analisar os pontos críticos do processo para melhorar e aumentar a produção do composto orgânico para que a doação seja possível”, complementou.

Assim, além de colaborar com o meio ambiente, utilizando restos vegetais que superlotam o “Buracão do Jupiá”, o projeto beneficia a produção da agricultura familiar com um adubo 100% natural.

 

CONSTRUÇÃO DE PONTES

 

A Prefeitura de Três Lagoas está realizando duas importantes obras na zona rural. A construção de duas pontes de concreto em locais estratégicos, sendo a ponte da Água Tirada e Lagoa Amarela.

 

ÁGUA TIRADA

A obra já está em fase final de execução, com 78,65% concluída. Agora estão sendo realizados os serviços finais de aterro e sinalização, para iniciar o plantio de grama para conclusão da obra.

Realizada com recursos próprios do Município, a obra teve um custo de R$ 555.816,98 em uma ponte de 15 metros de comprimento e 6 de largura, que segue todas as medidas de segurança e permite a passagem de caminhões e veículos pesados que circulam pelo local.

 

LAGOA AMARELA

A ponte da Lagoa Amarela esta com 50,12% de andamento. E agora as equipes estão iniciando serviços de enrocamento e aterro e o lançamento de vigas pré-moldadas, com execução de laje.

A obra também é executada com recursos próprios do município e tem o custo de R$ 887.511,77, sendo em uma ponte de 25 metros de comprimento e 6 de largura.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Saúde inicia ‘fumacê’ em vários bairros para combater mosquito da dengue

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *