SEGURANÇA - Polícia Ambiental de SP e de MS vão atuar para coibir a pesca predatória

Piracema: pesca está proibida na região

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Banhada por vários rios e ribeirões, com lagos e reservatórios de usina, a região de Araçatuba atrai muitos pescadores. A atividade pesqueira amadora movimenta o comércio de várias cidades da região, assim como o setor imobiliário, com dezenas de condomínios à beira dos rios. Neste domingo começa a piracema – período de reprodução dos peixes – e as restrições de pesca vão até o fim de fevereiro, reabrindo a partir do dia 1º de março.

Neste período, as unidades da Polícia Militar Ambiental concentram esforços para combater a pesca predatória ou irregular, que compromete a reprodução dos peixes. As restrições seguem as normas do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).]

De acordo com o que foi apurado pela reportagem, nada mudou em relação à piracema do ano passado. Está proibida a captura de espécies da fauna ictiológica da região, como corimba, piau, traíra, barbado, dentre outros. É permitida a pesca, na quantidade máxima de 10 kg mais um exemplar por pescador amador, de espécies que não são provenientes da Bacia do Paraná, como corvina, tilápia, tucunaré, zoiudo, carpa. É permitida a utilização de iscas de peixes vivos, desde que oriundos de criações e acompanhados de nota fiscal ou nota do produtor.

Está proibida a pesca subaquática bem como o uso de materiais perfurantes, tais como: arpão, arbalete, fisga e lança. Os comerciantes de pescado e pescadores profissionais devem até o segundo dia útil do mês de novembro para apresentar a declaração de estoque dos peixes in natura, congelados ou resfriados, provenientes de águas continentais.

 

AÇÕES

As unidades da Polícia Ambiental de São Paulo e de Mato Grosso do Sul vão intensificar as ações nos rios da Bacia do Paraná.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Rodovia Nametala Rezek será novamente interditada para reconstrução final do asfalto

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA A Rodovia Vicinal Nametala Rezek, via de ligação entre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *