25.9 C
Araçatuba
domingo, agosto 7, 2022

Pai de paciente de 8 anos denuncia descaso de Secretária da Saúde

O auxiliar de estoque Ricardo Gimenez Furlan, 35 anos, procurou a reportagem do SRC para denunciar o descaso com que foi tratado pela secretária da Saúde de Castilho, Janini Nascimento, filha da prefeita Fátima Nascimento. Furlan foi em busca de encaminhamento de sua filha, de 8 anos, para tratamento com especialista em psiquiatria infantil em Araçatuba. Porém, segundo ele, a secretária disse que o caso de sua filha não tem jeito. A menina, que estava presente, começou a chorar. Ricardo Furlan prestou queixa na Polícia Civil com registro de boletim de ocorrência e também procurou o Ministério Público em Andradina.
Segundo Furlan, ele e a mulher adotaram a menina com menos de dois meses de vida. Com o passar do tempo, a menina passou a apresentar quadro anormal. “Já levamos em vários médicos e especialistas, tanto com recursos próprios ou pelo Sistema Único de Saúde”, disse ele, frisando que no momento a menina está apresentando alguns problemas de descontrole, chorando bastante ou ficando agressiva.
Ricardo Furlan disse que a própria psicóloga do município de Castilho fez encaminhamento a um psiquiatra infantil que atende em Araçatuba. “Procurei a chefe de gabinete da prefeita Fátima Nascimento e ele mandou que eu procurasse a secretária Janini Nascimento nesta quinta-feira de manhã”, disse ele.
Conforme relato de Ricardo Furlan, pouco depois das 9 horas, no Centro Integrado de Saúde (CIS), ele foi atendido no corredor pela secretária Janini Nascimento, mesmo tendo pedido para ser recebido em uma sala para conversa mais reservada. Ao ser informada do pedido, de acordo com o relato de Furlan ao Ministério Público, a secretária teria dito “o quadro de sua filha é incurável e que não há recursos para isso”. “Que esse médico de Araçatuba iria cobrar R$ 260 em cada teste e que ele não teria condições mínimas de pagar por isso e muito menos ela”, teria dito a secretária Janini Nascimento. Furlan disse que a secretária falou alto para todo mundo ouvir e que por isso ficou constrangido. Devido à alteração da voz pela secretária Janini, a menina ficou assustada e começou a chorar, precisando ser amparada por outra pessoa.

DA REDAÇÃO
CASTILHO

Ultimas Noticias