ALERTA - Iniciativa tem como foco orientar os ciclistas sobre os riscos de pedalar próximo à rodovia - REPRODUÇÃO

Transbrasiliana e PRF realizarão ação de segurança no trânsito para ciclistas

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – LINS

Comprometida com a segurança de ciclistas no trânsito, a Triunfo Transbrasiliana, Concessionária que administra a BR-153/SP, apoiará o lançamento do projeto “Compartilhe a Rodovia” da Polícia Rodoviária Federal – PRF de São José do Rio Preto. A iniciativa de conscientização no trânsito será direcionada para quem utiliza a bicicleta como meio de transporte para locomoção diária, prática esportiva ou até mesmo de lazer, principalmente no período noturno.

O lançamento do projeto, que acontecerá nesta sexta-feira (15), às 19h, na entrada do condomínio Portal do Sul, em Bady Bassitt, próximo ao Km 75 da BR-153/SP, tem como objetivo informar e conscientizar grupos de ciclistas que utilizam a rodovia ou trechos urbanos, sobre regras de segurança viária, a importância de manter a bicicleta com a manutenção em dia e sinalizada durante à noite. Além das orientações durante a ação, os participantes também receberão coletes refletivos da Concessionária. O “Compartilhe a Rodovia”, que irá contar com outras ações ao longo do trecho paulista da BR-153, também faz parte do Operação Rodovida 2020/2021, da PRF, que vai até o dia 21 de fevereiro.

Apesar de o Código de Trânsito Brasileiro permitir a prática de ciclismo nas rodovias, a recomendação é sempre evitar pedalar pelos acostamentos. “O acostamento deve ser usado somente em caso de emergência, como uma pane, em um veículo. Fora isso, você não deve utilizar o acostamento de maneira nenhuma, porque é uma área de risco, perigosa, sobretudo de uma rodovia movimentada como a BR-153/SP, com tráfego intenso de veículos pesados, como caminhões”, afirma o gerente de Operações e Segurança Viária da concessionária, Vlademir Barradel.

 

Orientações

A Concessionária reforça a importância da adoção de medidas simples de segurança pelos ciclistas que contribuem para uma locomoção mais segura, como: evitar pedalar próximo de veículos, utilizar sempre os equipamentos de segurança (capacete, joelheira, luvas, campainhas, óculos de proteção e retrovisor), usar roupas claras ou coloridas, além de luzes na dianteira, traseira e no pedal da bicicleta para ajudar na sinalização noturna.

 

Ao longo da BR-153/SP, os ciclistas também podem contar com sete bases de atendimento ao usuário localizadas em Nova Granada, São José do Rio Preto, Ubarana, Guaiçara, Marília, Ocauçu e Ribeirão do Sul. Em cada uma delas, os usuários contam com espaço climatizado que oferece água gelada, café, banheiros, fraldários, wi-fi gratuito e atendentes treinados que fornecem informações em geral sobre a rodovia. As bases funcionam 24 horas por dia, sete dias na semana.

 

 

Dados importantes

 

Segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), de 2010 ao primeiro semestre de 2020, 13.718 ciclistas morreram no trânsito após se envolverem em algum acidente, sendo 60% deles em atropelamentos. De acordo com dados do Sistema de Informações Hospitalares (SIH) e do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), ambos do Ministério da Saúde, mostram a urgência de ações que levem ao uso seguro da bicicleta como meio de transporte.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

PONTO DE VISTA

Compartilhe esta notícia!OS HORIZONTES TURVOS DA DEMOCRACIA GAUDÊNCIO TORQUATO O tema começa a frequentar os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *