28.3 C
Araçatuba
sábado, junho 25, 2022

Acadêmicos de Medicina criam protocolos para serem usados nos 40 municípios da região

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

De forma inédita, acadêmicos do Curso de Medicina do Unisalesiano desenvolveram protocolos a serem utilizados por profissionais de saúde que atuam na linha de saúde da mulher, dentro do DRS-2 (Departamento Regional de Saúde), que atende 40 municípios da região.

Três protocolos foram criados com os seguintes temas: “Protocolo de Manejo Pré-Natal de Alto Risco”, “Protocolo de Atenção ao Pré-Natal de Baixo Risco” e “Protocolo de Manejo – Sífilis Gestacional e Congênita”. Ao todo, 60 acadêmicos da Turma 4 do Curso de Medicina participaram do trabalho, sendo que cada protocolo foi organizado por alunas da Turma 3. O trabalho em si teve a orientação da enfermeira e docente do curso, Lucila Bistaffa.

“Sugeri à turma o desenvolvimento desse projeto que fará um bem enorme à região. Com esses protocolos, os profissionais que atuam na rede pública de saúde, por meio do DRS-2, serão capacitados para terem um direcionamento, um manual concreto de como lidar com a saúde da mulher”, explicou Lucila, que trabalha no DRS-2 e teve total apoio da direção do órgão.

Esse projeto trata-se de um protocolo unificado, feito pelos acadêmicos do Unisalesiano, para oferecer uma funcionalidade na prática da organização da assistência à mulher. “Os alunos finalizaram os protocolos esta semana e nos enviaram para serem revistos pelo no próximo mês. A ideia é que, até outubro deste ano, eles sejam aprovados pelo Colegiado do DRS-2”, contou Lucila.

De acordo com o pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Pós-Graduação do Unisalesiano, professor André Ornellas, o envolvimento dos acadêmicos com a saúde pública colabora para a ampliação do acolhimento e da assistência de saúde aos moradores da região.

Por sua vez, o diretor-geral do Unisalesiano Araçatuba, padre Erondi Tamandaré, ressaltou que esses protocolos já são resultados de uma contribuição do Curso de Medicina da instituição para Araçatuba e região.

Confira abaixo os depoimentos das acadêmicas da Turma 3 que foram responsáveis pela organização dos protocolos:

Renata Alfena Zago – Protocolo de Manejo – Sífilis Gestacional e Congênita

“Os protocolos foram pensados para facilitar as tomadas de decisões nesta porta de entrada do SUS, a partir de um material bem organizado, informativo e de consulta rápida. Buscamos inserir informações básicas sobre as principais situações, intercorrências e doenças do período gestacional, pensando tanto na mãe quanto na criança para que os profissionais de saúde possam identificar o que está acontecendo e conhecer as possibilidades de conduta e de encaminhamento dentro das Redes de Atenção à Saúde e Linhas de Cuidado que já existem no DRS-2.”

“Coordenar o grupo que está formulando o Protocolo de Manejo de Sífilis Gestacional e Congênita tem sido um desafio pelas peculiaridades da doença em si, possibilidades de testes diagnósticos e seguimento clínico disponíveis, sem contar a infinidade de informações que existem, mas que nem sempre estão acessíveis tampouco simplificadas para profissionais e estudantes. Mesmo com todas as dificuldades do processo de pesquisa e consolidação do conhecimento, os alunos se dedicaram muito aos estudos, na elaboração do documento que pretende facilitar a conduta do profissional de saúde e padronizar os fluxos para o manejo da sífilis gestacional e congênita nos municípios do DRS-2. A experiência nos levou a crescer como pesquisadores e profissionais por permitir um olhar crítico sobre as publicações existentes e por nos fazer encarar os obstáculos de se contemplar, num único protocolo, todas as possibilidades de manejo das doenças que podem ocorrer na gestação. E tudo em linguagem simplificada, ilustrada e de leitura rápida”.

Integram o grupo desse trabalho, os alunos: Alexandre, Carla Vanti Cabral, Gabriela Gonçalves de Carvalho, Geraldo de Miranda Neto, Giovanna Caires da Crús, Gustavo Lopes Teixeira, Ingrid Latini, Karina Coutinho Ferraz, Karuil, Luna Alves, Maria Clara Rocha Moreira, Maria Eduarda Camy Brandão, Maria Eugênia Marega Salesse, Vanessa Yurie Shiraishi e Yasmim Jeronimo Chibili.

 

Camila Camargo – Protocolo de Manejo – Pré-Natal de Alto Risco

“Eu acredito que foi muito importante o engajamento dos alunos em um projeto tão sério. O protocolo trará mudanças reais e sólidas na área da saúde e eu me senti privilegiada por, apesar de ainda estar na faculdade, já começar a contribuir com a sociedade, buscando oferecer o mais adequado e melhor serviço de saúde possível”.

Integram o grupo desse trabalho, os alunos: Ana Carolina Nucci Abreu, Ana Paula Robalinho Soares, Beatriz Costa Martins, Caio Gabriel Gonçalves da Silva, Carlos Weber Ortega Sanches Júnior, Cayhe Ryu Kubo Suguimoto, Fernanda Ceccatto, Gabriel Baggio Sposito, Giovana Franciely dos Santos Pereira, Giovana Marini Jordão, Isabella Fernandes Rigazzo, João Morais Neto, José Guilherme Batista Pinto, Júlia Jardim, Luciana Ayumi Suyama Kawamata, Maria Eduarda Calori, Maria Luiza Costa Nogueira, Maria Luiza de Souza Saia, Matheus Aguiar Pereira de Morais, Melissa Romani Coelho, Pamela Kaissa Fabrão Ferreira e Raphael Luis Medeiro Moreira.

 

Kalyanna Rigaud Santos Oliveira – Protocolo de Atenção ao Pré-Natal de Baixo Risco

“Coordenar a escrita de um protocolo é sempre um desafio, mas saber que se trata de um tema que impacta a vida tantas mulheres, foi ainda mais desafiador. Através desse convite, tive a oportunidade de, ainda como estudante, conhecer os grandes desafios do pré-natal de baixo risco de Araçatuba e entender a necessidade da existência de um protocolo que reúna as informações mais atualizadas e direcione a conduta dos profissionais e gestantes. O meu grupo e eu esperamos que esse protocolo esclareça dúvidas e amplie a segurança do cuidado à gestante, que não seja mais um documento, mas que resulte em efeitos positivos para Araçatuba e região”.

Integram o grupo desse trabalho, os alunos: Ana Elisa Trevizan Silva, Bárbara Rafael Carneiro, Carlos Henrique de Oliveira Filho, Eduardo Augusto de Souza Peres, Fábio Barreto Sabatin de Oliveira, Fernando Buzeti Garcia, Fernando Henrique Tamashiro Marcos, Hugo da Silva Bonfietti, Isabella Giulia Silva Nardo, Juliana Akemi Dornellas Tokunaga, Leonardo Ambrósio Domingues, Lucas Bozzoni Vettorazzo, Luisa Suto Beck, Maria Carolina Linjardi de Sousa, Maria Fernanda Shiroma Taschin, Maria Luiza Venancio de Paula, Marília Soares Franciscon, Marlene Almeida da Silva Neta, Rafael de Oliveira Leite da Silva, Rafael Guedes Ferreira, Samuel da Cunha Sanches, Suzanny Akemi Badaró Toriy.

 

Ultimas Noticias