14.2 C
Araçatuba
terça-feira, maio 17, 2022

INCÊNDIO ATINGE SÍTIO NA REGIÃO

Os incêndios continuam causando muita preocupação à população e às autoridades na região. Mais um de grandes proporções foi registrado, dessa vez no município de Gastão Vidigal, cidade a cerca de 70 quilômetros de Araçatuba.

A proprietária de um sítio, localizado às margens de uma estrada vicinal, teve que procurar a Central de Flagrantes de Araçatuba para registrar um boletim de ocorrência sobre o fato, já que existe a suspeita de que o fogo tenha sido criminoso.

De acordo com o depoimento da declarante aos investigadores, as chamas começaram em uma propriedade vizinha à dela no último dia 18 de julho. Por conta da falta de chuva e do tempo seco, o fogo se espalhou rapidamente por uma extensa área e atingiu o sítio da vítima em poucas horas.

Por conta do incêndio, vários danos foram registrados na propriedade. Uma área de preservação ambiental foi atingida, assim como 1.442 mudas de reflorestamento foram perdidas, cercas, parte da rede elétrica e até mesmo as nascentes. Além disso, uma plantação inteira de cana-de-açúcar foi perdida por conta do avanço do fogo.

Após horas de combate, as chamas foram combatidas por equipes de usinas sucroalcooleiras da região. O que ficou foi o prejuízo. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações e tentar descobrir o que pode ter causado o incêndio. Existe a suspeita de que ele tenha sido provocado por autores desconhecidos. Laudos periciais também devem ficar prontos nos próximos dias para auxiliar nos trabalhos de apuração. Ninguém ficou ferido.

ANDRADINA

Há menos de uma semana, no último dia 19, Andradina enfrentou um de seus piores incêndios em vegetação dos últimos anos. O frigorífico da JBS/Friboi estava no caminho do fogo e por pouco não acabou sendo atingido. Equipes do Corpo de Bombeiros da cidade, a Brigada Municipal e funcionários de usinas de álcool foram chamados e montaram uma verdadeira estrutura de guerra para que o incêndio fosse extinto.

O fogo também atingiu a área rural do empresário Mário Celso Lopes. Segundo os bombeiros, o imóvel dele não foi atingido. Por conta da vegetação seca, as chamas se alastraram rapidamente, surpreendendo as equipes do Corpo de Bombeiros. Em um primeiro momento, a grande preocupação dos combatentes era controlar os focos próximos ao frigorífico e, depois, seguir apagando o fogo nas demais localidades.

O tamanho do incêndio assustou. Muitas pessoas, até mesmo funcionários do frigorífico, tiraram fotos e mandaram em redes sociais. Uma ambulância foi colocada à disposição no local, caso alguma pessoa passasse mal. O frigorífico decidiu suspender as atividades e dispensou os trabalhadores.

Depois de mais dez horas de combate, envolvendo mais de 15 pessoas só do grupamento dos bombeiros, o incêndio foi extinto. No dia seguinte, as equipes ainda continuam no local a fim de fazer o rescaldo, termo usado pela corporação para apagar pequenos focos de incêndio ao longo da área atingida, que poderiam colaborar para uma nova ocorrência.

As causas do início do fogo ainda são um mistério. A Polícia Civil da cidade abriu inquérito para dar andamento às investigar e descobrir o que pode ter provocado as chamas.

Ultimas Noticias