Home Cidades GOE apreende mais de R$ 4 mil em dinheiro e munição na casa de suspeito de tráfico

GOE apreende mais de R$ 4 mil em dinheiro e munição na casa de suspeito de tráfico

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) apreenderam grande quantidade de dinheiro e munições durante buscas na residência de um homem suspeito de comandar o tráfico de drogas em um condomínio localizado na rua Noel Rosa, no bairro Rosele, zona norte de Araçatuba. A ação ocorreu na tarde de quarta-feira (6).

 

Conforme informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, as equipes receberam informações há alguns meses de que o suspeito seria traficante e comandava o tráfico de drogas no condomínio onde reside a mãe.

 

No percurso das investigações, os policiais apuraram que o indiciado mora próximo ao condomínio e ia para lá com frequência a fim de distribuir cotas de entorpecentes para adolescentes realizaram a venda nas imediações.

 

Com isso, a polícia requisitou mandado de busca e apreensão, o qual foi autorizado pela 1ª Vara Criminal do município. Durante o cumprimento da decisão judicial, os policiais se depararam com a mulher do autor. Ela negou ter algo de ilícito no imóvel e, ao ser questionada a respeito da existência de dinheiro no local, se calou.

 

Na vistoria nos cômodos da residência, o GOE localizou em uma gaveta a quantia de R$ 4.252,00, 15 munições de calibre 22 e mais nove, de calibre nove milímetros. Além disso, foram localizadas diversas anotações sobre a contabilidade do tráfico de drogas.

 

A suspeita revelou que as munições eram do marido, mas não sabia onde estavam as armas de fogo. O detalhe é que tudo estava guardado em um local de fácil acesso a uma criança de apenas nove anos, filha do casal. Já a respeito da quantia em dinheiro, a investigada informou não ter conhecimento da procedência, muito menos do paradeiro do convivente.

 

PRISÃO

 

Os policiais deram voz de prisão à indiciada e cumpriram mandado de busca na residência da mãe do suspeito, mas ele não estava por lá e nada de ilícito foi localizado no interior da casa.

 

A mulher foi levada até a delegacia, onde prestou depoimento. Ela vai responder por posse ilegal de arma de fogo e permaneceu presa, à disposição da Justiça. As investigações sobre o caso continuam.

 


Compartilhe esta notícia!