Home Cidades Duas cidades da região só tiveram um partido no poder executivo neste século

Duas cidades da região só tiveram um partido no poder executivo neste século

9 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Perpetuação no poder é o grande desejo dos principais partidos políticos do cenário nacional. Quase sempre não é possível, mas em algumas situações isso vem acontecendo, como no caso do governo de São Paulo, por exemplo, que é comandado pelo PSDB há mais de 25 anos, desde que Mário Covas assumiu o Palácio dos Bandeirantes, em 1º de janeiro de 1995.

Desde então, Geraldo Alckmin, que assumiu o governo após a morte de Covas, em março de 2001, e que ainda foi eleito por três vezes, além de José Serra e agora João Dória, formam a dinastia tucana no comando do principal estado da federação.

Dois municípios da área de cobertura do SRC, a exemplo do estado de São Paulo, também tiveram apenas um partido em seus respectivos governos ao longo do século XXI. Em ambos, o PSDB está desde o ano 2000 no poder.

Em Nova Luzitânia, cidade de 4.160 habitantes e atualmente com 2.679 eleitores, e que fica a 58km de Araçatuba, o partido teve o atual prefeito Laerte Aparecido Rocha assumindo o poder executivo pela primeira vez em 1º de janeiro de 2000, sendo reeleito e permanecendo no cargo até dezembro de 2008.

Laerte foi substituído por Germiro Ferreira Lima, também do PSDB, que assim como seu antecessor conseguiu a reeleição e governou Nova Luzitânia entre 1º de janeiro de 2009 a 1º dezembro de 2016. Naquele ano, Laerte voltou a ser candidato, venceu o pleito, e voltou ao posto para o seu terceiro mandato, que se encerra no dia 31 de dezembro.

O atual prefeito é candidato à sua segunda reeleição e seu quarto mandato, mantendo-se na sigla. A sua disputa é com Miguel José Araújo Júnior, o Patinho (PTB) e com Dirceu Elias da Silva (Patriota). Caso vença, poderá aumentar em mais quatro anos o período de seu partido no poder.

Assim como Nova Luzitânia, o município de Nova Castilho, que está apenas 21km de distância, teve o PSDB como único partido em seu governo desde sua emancipação política. O primeiro prefeito eleito foi José Carlos Horonato da Silva, que assumiu o mandato pós-eleição em 1º de janeiro de 1997.

Na entrada do século XXI, Honorato seguiu no poder até dezembro de 2004, sendo substituído por seu colega de sigla Roberto Lopes, que por ter também conseguido sua reeleição, permaneceu como mandatário do município até dezembro de 2012.

Até o momento, apenas três nomes governaram a pequena cidade, de apenas 1.278 habitantes e 1.230 eleitores atualmente. João Tamborlin Neto é o atual chefe do executivo desde janeiro de 2013 e deixa o cargo no dia 31 de dezembro.

O ex-prefeito Roberto Lopes é candidato na atual eleição novamente pelo PSDB, mas teve de entrar com recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral, por ter sido enquadrado na lei da ficha limpa e por ausência de requisito de registro. Lopes segue em campanha normalmente. Ele disputa o cargo com Lucio Mauro Garcia (MDB) e Carlos Alberto de Souza Silva (Republicanos).

Principais cidades

Dentre as principais cidades da área de cobertura do SRC, em todas elas o atual prefeito é do PSDB. Em Araçatuba, Dilador Borges Damasceno assumiu o cargo em 2017 e é candidato à reeleição, seu antecessor foi Cido Sério (PSD), que na época conseguiu dois mandatos seguidos pelo PT.

Em Andradina, a atual prefeita Tamiko Inoue foi eleita pelo PCdoB, mas ao longo do mandato deixou o partido e filiou-se ao PSDB, mas deverá sair do partido ao final de seu mandato.

Já em Lins, o atual prefeito Akio Matsuura é do PSDB e era membro do governo do prefeito cassado Edgar de Souza, que foi eleito duas vezes pelo partido tucano. O mandato, porém, foi “quebrado” após a cassação de Edgar e o mandato tampão de Neto Danzi (Solidariedade) entre agosto e outubro.

Em Três Lagoas, Angelo Guerreiro assumiu a prefeitura em 2017, sendo precedido por Marcia Moura (MDB), que vinha de dois mandatos seguidos.

Nacional

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, ao todo são 76 municípios que foram governados pelos mesmos partidos nos últimos 20 anos, sendo 11 deles no estado de São Paulo.

Destes 11 municípios, 7 são governados pelo PSDB: além de Nova Luzitânia e Nova Castilho, Santa Cruz da Conceição, Ilha Comprida, Junqueirópolis, Taquarituba e Cravinhos estão na lista, nenhuma delas com mais de 30 mil habitantes.

3 cidades só foram governadas pelo PTB neste século, sendo a mais importante delas Presidente Prudente, que conta atualmente com cerca de 178 mil eleitores. Macedônia e Canitar fecham a lista. O município de Terra Roxa tem o MDB como único partido no poder executivo desde o ano 2000.

O MDB, aliás, é o recordista nacional de perpetuação no poder em eleições municipais. Ao todo, 22 cidades do Brasil têm o partido há pelos menos 20 anos no poder, contra 18 do PSDB. PP (12), DEM (8), PTB (6), PDT (5), PT (3) e PSB (2) fecham a lista. (Com informações do portal G1)

 


Compartilhe esta notícia!