Unisalesiano realiza cerimônia de entrega dos jalecos aos alunos da 4ª Turma

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Unisalesiano realizou a Cerimônia de Entrega dos Jalecos aos alunos da 4ª Turma do Curso de Medicina. A solenidade aconteceu na manhã dessa sexta-feira (6), no auditório Papa Francisco, com a presença de centenas de pais, familiares e amigos dos novos acadêmicos.
Em seu discurso de abertura, o reitor do Unisalesiano, padre Luigi Favero, disse que um sonho está se realizando, um sonho dos pais, em primeiro lugar, e depois dos filhos, de serem médicos. PadreLuigi citou a fala do Papa Francisco durante um encontro com médicos, tempos atrás.
“Na conversa, o Papa terminou dizendo que os médicos devem ser peritos em humanidade, isto é, especialistas em humanidade”, afirmou. O reitor ainda aconselhou os alunos a não se esquecerem de dois grandes remédios que fazem sempre o bem: o carinho e o sorriso.
Sobre o jaleco, padre Luigi ressaltou que a roupa dignifica o médico e a cor branca transmite dignidade, beleza, luz e paz.
O coordenador do curso de Medicina, doutor Antônio Henrique Poletto, contou aos presentes a história do uso do jaleco, que é um símbolo emblemático, um marco no início da carreira de um médico. Segundo ele, a cerimônia de entrega do jaleco é recente no Brasil e poucas universidades a tem como tradição, o que inclui o Unisalesiano.
“Tenho três conselhos que julgo importantes para o sucesso de vocês, que são médicos em formação: primeiro, para uma boa formação em medicina é necessário trabalho, comprometimento e muita doação; segundo, o bom médico necessita aprender sempre, sem jamais achar que já sabe tudo; e terceiro, humildade, que é a base da evolução, da correção e dos acertos”, disse.
Após as palavras do coordenador, os jalecos foram entregues aos acadêmicos pelos seus padrinhos e professores, seguido da benção pelo padre Luigi Favero e, depois, a leitura da Saudação ao Jaleco.
Em seguida, a delegada do Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) em Araçatuba, doutora Luciana de Arruda Campos, leu o Código de Ética Médica.
Para encerrar a cerimônia, Luigi parabenizou os alunos e os pais pela conquista. “Me contaram que essa turma é de gente muito preparada, muito boa. Parabéns para vocês. Realmente, ser médico, é um grande privilégio”, concluiu.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

FUI TESTEMUNHA DA HISTÓRIA: o desastre da falta de auditoria dos votos

Compartilhe esta notícia!GISLAINE TARGA Na noite do dia 26 de outubro de 2014 aconteceu o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *