MANHÃ - No período matutino choveu moderado em Araçatuba ANTONIO CRISPIM

Tempo chuvoso melhora a qualidade do ar e reduz riscos de incêndios

Compartilhe esta notícia!

ANTONIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Como estava previsto, choveu nesse sábado em toda a região. A chuva começou pouco antes das 6 horas e se estendeu ao longo do dia, embora o sol tenha aparecido em determinados momentos. Com a chuva, a temperatura ficou mais amena e o risco de incêndios está mais reduzido. A meteorologia prevê chuva neste domingo e na segunda-feira. A partir de terça-feira a tendência é de que a temperatura volte a subir. 

Ao contrário de outras regiões, onde houve trovoadas, em Araçatuba a chuva foi moderada e em raros momentos foi mais intensa. De acordo com dados da Unesp, na Estação de Ilha Solteira, choveu 6,1 milímetros e pouco depois das 21 horas, a umidade relativa do ar era de 80%. A máxima registrada foi de 30 graus e a mínima de 16.

Nas duas últimas semanas a umidade relativa do ar chegou a 11%, considerada crítica, causando desconforto e potencializando problemas respiratórios. Além disso, o quadro foi agravado por ocorrência de incêndios em toda a região, deixando as cidades envoltas em fumaça e com fuligem, o que compromete ainda mais a qualidade do ar.

O IPmet, da Unesp de Bauru, prevê pouca chuva neste domingo e umidade relativa do ar de 33%. No entanto, a partir de segunda-feira não tem chuva. Já o Climatempo prevê chuva hoje e segunda-feira e temperaturas amenas. As temperaturas volta a subir a partir de quarta-feira.

 

HISTÓRICO

A última chuva registrada em Araçatuba foi no dia 24 de junho. Portanto, foram mais de dois meses sem chuva. Isso trouxe sérias consequências, principalmente em relação às queimadas. Além da seca, a vegetação foi comprometida com geadas em junho e julho.

As chuvas desse fim de semana melhoram a qualidade do ar, mas pouco resolvem em termos recuperação hídrica. Os reservatórios continuam baixos, o que exige consumo consciente.

A GS Inima Samar, concessionária de Araçatuba, informou que continua monitorando as principais fontes de captação: Ribeirão Baguaçu e Rio Tietê. De acordo com a assessoria da Samar, o Rio Tietê está 1,32 metro mais baixo em relação ao mesmo período do ano passado. Por enquanto a redução do nível não comprometeu o sistema de captação, mas a empresa já está pronta para uso de balsa, se for necessário.

POUCA CHUVA – IPmet prevê chuva para este domingo, mas em menor volume
REPRODUÇÃO

 

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Diretoria inicia ações da ‘semana Nacional de Trânsito’

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS É celebrado este ano entre os dias 18 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *