O Governador do Estado de São Paulo, João Doria, Participa de assinatura do novo convênio do Hospital de Barueri. Local: São Paulo- SP. Data: 22/08/2019 Foto: Governo do Estado de São Paulo

SP registra 130 casos suspeitos de coronavírus e região de Araçatuba está na lista

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A Secretaria de Estado da Saúde registra nesta terça-feira (3) 130 casos suspeitos do novo coronavírus (COVID-19). Além dos sintomas respiratórios, os suspeitos têm histórico de viagem ou contato próximo com caso suspeito. A região de Araçatuba registrou o primeiro caso suspeito. Trata-se de uma mulher residente em, Santópolis do Aguapeí. No entanto, ela está bem e na residência. A reportagem apurou que ela não chegou a ter febre, apenas estado gripal. O estado de São Paulo também contabiliza 104 casos descartados, desde o início das notificações.
De acordo com a Secretaria da Saúde, o Estado de SP segue com dois casos confirmados de COVID-19. Ambos foram infectados na Itália e passaram por atendimento por médico no Hospital Israelita Albert Einstein, na Capital. Foram diagnosticados pelo serviço e, atualmente, estão em isolamento domiciliar, estáveis, sob monitoramento diário pela Secretaria Municipal de São Paulo.
A segunda confirmação ocorreu no sábado (29), e não altera a situação nacional, pois não existem evidências de circulação sustentada do vírus em território brasileiro. Conforme definido pelo Ministério da Saúde na mesma data, todos os laboratórios públicos ou privados que identificarem casos confirmados pela primeira vez, adotando o exame específico para SARS-CoV2 (RT-PCR, pelo protocolo Charité), devem passar por validação de um dos três laboratórios de referência nacional, a saber: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz/RJ), Instituto Evandro Chagas da Secretaria de Vigilância em Saúde (IEC/SVS) no Estado do Pará, e Instituto Adolfo Lutz da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Após a validação da qualidade, o laboratório passará a ser considerado parte da Rede Nacional de Alerta e Resposta às Emergências em Saúde Pública, para investigação do Coronavírus. Laboratório do Hospital Israelita Albert Einstein, que fez as confirmações iniciais de COVID-19 em dois pacientes na última semana, cumpre as exigências e seus resultados foram considerados finais.

Critérios para classificação de casos
O Ministério da Saúde alterou os critérios para definição de casos suspeitos, prováveis e confirmados, devido à confirmação de COVID-19 no Brasil e ao cenário da doença no mundo.
Caso confirmado: a confirmação para COVID-19 poderá ser feita a partir do critério laboratorial, com resultado positivo por meio de RT-PCR (sigla em inglês que significa “Reação em cadeia da polimerase”), por laboratório reconhecido pelo Ministério para diagnóstico da doença. Caso não seja possível a realização da análise, também poderá ocorrer confirmação pelo critério clínico-epidemiológico, ou seja, situações em que a pessoa teve contato próximo domiciliar de caso confirmado laboratorial, e apresentou febre e/ou qualquer sintoma respiratório, no intervalo de 14 dias após o último contato com o infectado.

Caso provável: aplica-se a uma pessoa que teve contato próximo domiciliar de caso confirmado laboratorial e, além disso, apresentou febre e/ou qualquer sintoma respiratório dentro do período de 14 dias após o último contato com o paciente.

Caso suspeito: necessariamente, é preciso ter febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar), associada a uma das circunstâncias a seguir, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas: histórico de viagem para área com transmissão local definida pela OMS ou contato próximo de caso suspeito para COVID-19.

Combate às fake News
O Governo do Estado criou um site específico para orientar a população sobre o tema e enfrentar a disseminação de fake news: http://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus. Nele, é possível encontrar explicações gerais e materiais para download, incluindo um Guia de Prevenção e uma relação de dúvidas frequentes, além de cartazes, vídeos e áudios de entrevistas com especialistas.

Paciente de Santópolis do Aguapeí passou por atendimento médico e está na residência
Na segunda-feira à noite, a Secretaria de Estado da Saúde divulgou a atualização dos casos suspeitos da doença em São Paulo. Eram 163 casos. No mesmo dia, foi divulgada uma relação com as cidades de origem dos casos suspeitos. Nesta relação figurava a cidade de Santópolis do Aguapeí.
Nessa terça-feira foi divulgada nova atualização, com 130 casos. No entanto, a secretaria não publicou a relação das cidades. Desta forma, mesmo com redução no número de casos, não dá para afirmar quais foram as cidades que tiveram casos descartados.
A reportagem manteve contato com a assessoria de imprensa da Secretaria da Saúde. A pasta apenas confirmou o caso, mas não passou nenhum detalhe quanto à paciente, explicando tratar-se de um procedimento padrão e recomendou buscar informações junto à Prefeitura de Santópolis do Aguapeí.
Na Secretaria Municipal de Saúde, a orientação era para bucar informações no Estado. Mesmo assim, a reportagem apurou que a paciente, com estado gripal, procurou a unidade de saúde na quarta-feira (26). Como tinha histórico de viagem recente à Europa, inclusive a Itália, a equipe da unidade, seguindo os procedimentos determinados pelo Ministério da Saúde, teria encaminhado para a Santa Casa de Birigui.
A paciente, que não teve passagem confirmada pela assessoria da Santa Casa de Birigui, já está na residência e bem de saúde. “Ela não chegou a apresentar febre. Apenas estado gripal”, disse pessoa ligada à Secretaria da Saúde de Santópolis do Aguapeí, reforçando que a paciente não chegou a apresentar quadro de dificuldade respiratória.
Como houve redução no número de casos suspeitos de São Paulo, é possível que a paciente de Santópolis esteja entre neste grupo. No entanto, não há divulgação. Outra pessoa disse à reportagem que o exame de saliva da paciente deu negativo para COVID-19. Isso não foi confirmado oficialmente.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Dia das Mães já tem promoções, movimento e esperança de recuperação no comércio de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA O dia das mães já movimenta o comércio de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *