22.5 C
Araçatuba
quinta-feira, junho 30, 2022

SP lança marca turística e abre mais de 100 atrações em parques de todo o estado

DA REDAÇÃO – SÃO PAULO

Foi lançada nessa semana no Palácio do Horto Florestal, pelo governo do Estado, uma campanha para incentivar o turismo em parques naturais paulistas. A nova marca Parques de São Paulo é uma iniciativa que vai projetar o estado como um destino de lazer ligado à natureza, dar visibilidade ao patrimônio natural e integrar seus 52 parques estaduais abertos à visitação. 

Reconhecido mundialmente pelo turismo de negócios e seus arranha-céus, o estado de São Paulo será revelado pelos atributos ambientais e atividades de ecoturismo. Seus parques oferecem ciclotrilhas e trekkings, locais de contemplação, hospedarias, praias, cavernas e cachoeiras, incluindo mais de 100 novos atrativos viabilizados pela Fundação Florestal.  

Destaque para a ciclotrilha Estrada Rio Pardo Limeira, que compreende o Parque Estadual Serra do Mar, nos núcleos Padre Dória, São Sebastião e Caraguatatuba, parte de um projeto que contempla 1.500 km de rotas internas, externas e internúcleos às Unidades de Conservação.   

Para quem gosta de montanhismo, o Pico dos Marins, localizado no Monumento Natural Estadual Mantiqueira Paulista, é o programa certo. Trata-se do 26° pico mais alto do país (2.420,7 metros acima do nível do mar), que leva em torno de seis horas para ser escalado.  

“Os parques fazem parte de um segmento muito importante para o turismo, com uma demanda crescente em São Paulo e em todo o Brasil. São áreas com um enorme potencial de lazer, educação ambiental e entretenimento”, afirma Vinicius Lummertz, secretário de Turismo e Viagens do Estado de SP.  

A tendência de realizar deslocamentos curtos cresceu com a pandemia e deve movimentar o estado com o maior mercado emissor de turistas do Brasil, em uma temporada recorde em movimentação, de acordo com o Centro de Inteligência da Economia do Turismo, ligado à Secretaria de Turismo e Viagens.  

 

“Nós queremos aproximar a população dos parques para que conheçam e preservem estas áreas verdes”, explica o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Fernando Chucre. Já é possível agendar passeios em destinos de inverno, como o Horto Florestal de Campos do Jordão pelo site: https://www.ingressosparquespaulistas.com.br/home 

No lançamento, a imprensa teve acesso ao hotsite com informações, vídeo de divulgação, teaser dos personagens e o desenho da marca. Atualmente, os 52 parques de SP já recebem cerca de 17 milhões de visitantes por ano. Com a nova marca, projeção é de que este número cresça ainda mais.     

A marca foi desenvolvida pela Secretaria de Turismo e Viagens em conjunto com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente e a Secretaria de Comunicação. O Visite SP, em parceria com a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear), vão promover os parques como produto turístico. Para saber mais sobre os parques do estado, consulte o site visitesaopaulo.com/parquesnaturais. 

 

REGIÃO

Na região Oeste do Estado há vários parques abertos à visitação pública, como do Aguapeí, do Rio do Peixe e Morro do Diabo,

 

AGUAPEÍ – Localizado no noroeste do Estado de São Paulo, com 9.043,97 hectares, abrange os municípios de Castilho, São João do Pau d’Alho, Nova Independência, Monte Castelo, Guaraçaí e Junqueirópolis.

 

RIO DO PEIXE – Sua área se estende pelos municípios de Ouro Verde, Dracena, Presidente Venceslau e Piquerobi. A região constitui o “Pantaninho paulista” e é um dos últimos locais onde ainda existe o cervo-do-pantanal no estado.

 

MORRO DO DIABO – Localizado no município de Teodoro Sampaio, a 687 km da capital, o Parque foi criado em 1986 e tem mais de 33 mil hectares de extensão.

 

PASSEIO – Além de trilhas, é possível passeios pelo rio

 

ALTERNATIVAS – Um dos maiores parques do estado, o Morro do Diabo tem várias rotas

 

Ultimas Noticias