INVESTIR - No total, governos estadual e federal investiram R$ 9,6 milhões no residencial construído em terreno doado pela Prefeitura

Secretaria da Habitação e Caixa entregam mais 100 casas em Clementina

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – CLEMENTINA

A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), e a Caixa Econômica Federal entregaram sexta-feira (11), 100 casas na cidade de Clementina. A entrega das chaves e o descerramento da placa inaugural foram virtuais e transmitidos ao vivo na internet pelas redes sociais da pasta.

O secretário Flavio Amary falou diretamente do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. “Toda a população de Clementina está sendo beneficiada por essa grande ação de governo. Mesmo com as dificuldades orçamentárias enfrentadas, mantivemos o comprometimento com a questão habitacional e as obras continuaram em andamento. É um forte trabalho desenvolvido entre os governos estadual, federal e municipal para que a população paulista possa realizar o sonho da casa própria”, disse durante a transmissão.

A entrega simbólica das chaves foi realizada na cidade de Clementina. As futuras moradoras Adélia Arcaim e Aparecida Pereira da Costa receberam, durante a cerimônia, das mãos da prefeita Célia Galhardo as chaves de seus imóveis, representando as demais famílias.

O Residencial João Rodrigues Martinez foi construído em terreno doado pela prefeitura para a CDHU, que repassou à Caixa Econômica Federal e realizou o sorteio das casas. A Secretaria de Estado da Habitação aportou, por meio da agência Casa Paulista, R$ 3,9 milhões nas moradias. O banco federal aplicou R﹩ 6,7 milhões e foi responsável pela licitação e acompanhamento das obras. O investimento total foi de R$ 9,6 milhões.

Com 48,38 m² de área útil, as casas têm dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e estão localizadas no Centro da cidade. Todos os imóveis seguem o padrão de qualidade da CDHU com pisos cerâmicos em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas, laje em toda a residência, cobertura em estrutura metálica, sistema de aquecimento solar, acessibilidade e infraestrutura completa.

As moradias foram entregues às famílias que têm renda mensal de até R﹩ 1.800. Agora, elas terão 120 meses para quitar o imóvel. O valor da menor prestação é de R﹩ 80 e a maior não ultrapassa R﹩ 270 mensais.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Ceagesp garante abastecimento e faz alerta sobre protocolos de segurança

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA A Ceagesp, Companhia de Entrepostos e Armazéns do estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *