22.8 C
Araçatuba
sábado, junho 25, 2022

Saneamento como aliado no combate às mudanças climáticas

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

A gestão de saneamento é crucial para o enfrentamento das mudanças climáticas, um dos principais riscos à natureza e, consequentemente, à qualidade de vida da população em todo o mundo. Neste Dia Mundial do Meio Ambiente, a Iguá, uma das principais empresas do setor, reforça seu comprometimento com conservação ambiental e destaca os investimentos e atitudes que vêm assumindo para a universalização do saneamento e segurança hídrica onde atua.

Em Andradina e em Castilho, colaboradores da Águas Andradina e Águas Castilho, empresas do Grupo Iguá e Sabesp, realizam no dia 8 de junho a palestra “Água e Saneamento” para 200 alunos da Escola Municipal Humberto Passarelli, e 200 alunos da Escola Municipal Prof. Mauro Roberto Manoel. 

Segundo a UN-Water, cerca de 90% dos problemas climáticos estão relacionados à água. 

São enchentes, secas e a deterioração da qualidade do recurso hídrico, tornando 40% da população mundial altamente vulnerável. Na outra ponta desse ciclo, a falta do  tratamento de esgoto contribui para a produção de gases do efeito estufa, a poluição de rios e a proliferação de  doenças como cólera, disenteria e poliomielite. De acordo com a Unicef, dois bilhões de pessoas no mundo usam água contaminada. No Brasil, cerca de 45% da população ainda não contam com coleta de esgoto, segundo o SNIS/2020.

Diante deste cenário, investir em saneamento se torna uma alavanca essencial para reverter a situação e proteger o meio ambiente. Convicta desse caminho, em 2021 a Iguá implantou mais de 214 km de rede coletora de esgoto, ampliando o nível de abrangência da companhia, que já alcança 82%. A empresa trata, anualmente, cerca de 164 milhões de m3 de água e 56 milhões de m3 de esgoto em suas operações.

Atenta ao impacto ambiental de suas atividades, a companhia também foi pioneira no setor a se comprometer publicamente com a redução de suas emissões de carbono. Em agosto de 2021, a Iguá aderiu ao Science Based Target initiative (SBTi), iniciativa do Pacto Global para limitar o aumento da temperatura do planeta a 1,5°C acima dos níveis pré-industriais, meta estabelecida no Acordo de Paris. Entre as ações adotadas estão a implementação de boas práticas e tecnologias para tratamento de esgotos; a busca pela eficiência energética nas operações com o desenvolvimento e investimento em energias renováveis; e a substituição do uso de combustíveis fósseis para frotas leves. Todos esses projetos e iniciativas são parte de um plano de ação ainda maior rumo à neutralidade de carbono.

“Como uma empresa de saneamento, promover qualidade de vida e preservar o meio ambiente está no cerne do nosso negócio. A Iguá entende a sustentabilidade como estratégia de crescimento, mas é mais do que isso, queremos gerar valor para a sociedade. Temos consciência da responsabilidade que é garantir o abastecimento da população, com água de qualidade, coleta e tratamento de esgoto, em um cenário de agravamento climático, e estamos engajados em transformar positivamente essa realidade”, afirmou Péricles Weber, diretor de Operações da Iguá.

Essa postura ativa pelo combate às mudanças climáticas se traduz também no trabalho conjunto com entidades reconhecidas. No mês passado, a companhia endossou o programa Ambição 2030, do Pacto Global, tornando-se signatária dos movimentos “Ambição Net Zero”, “+Água” e “Elas Lideram 2030”, empenhando-se publicamente com uma atuação efetiva pela redução de emissões de carbono, universalização do saneamento e segurança hídrica, e equidade de gênero.

A Iguá também acaba de ingressar no Compromisso Empresarial Brasileiro para a Biodiversidade, junto ao CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável). O grupo se junta a 23 companhias que aderiram ao movimento, lançado em 2019, para inserir a biodiversidade na estratégia de negócio, fortalecendo sua conservação e o desenvolvimento sustentável.

“A adesão a essas iniciativas é uma oportunidade de reafirmarmos nosso compromisso com a conservação ambiental, atuação que faz parte do nosso DNA. Hoje temos diversas iniciativas nessa frente, desde ações para recuperação de áreas degradadas, preservação de nascentes, até trabalhos educativos com as comunidades que atendemos, passando também pela construção de um plano de segurança hídrica, para conservação dos nossos mananciais”, destacou Weber.

Mais informações sobre os trabalhos realizados pela Águas Andradina e Águas Castilho, é só acessar os links http://www.igua.com.br/andradina e http://www.igua.com.br/castilho.

 

Ultimas Noticias