Home Cidades Araçatuba Recurso de licitante impede divulgação de resultado e obra de ponte não tem data para começar

Recurso de licitante impede divulgação de resultado e obra de ponte não tem data para começar

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

A construção da nova ponte sobre o Rio Aguapeí, na Rodovia Assis Chateaubriand (SP 425) não tem data área começar. A ponte foi interditada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, no dia 10 de setembro. Neste período, foi construído um anel viário em Piacatu parta minimizar o impacto para os usuários. Mesmo assim, há muitas reclamações, pois aumenta a distância e o tempo de viagem. Além disso, a estrada não tem a mesma qualidade da SP 425, o que preocupa os motoristas, principalmente de caminhões.
Embora a ponte tenha sido interditada no dia 10 de setembro por motivos de segurança, a licitação foi aberta apenas em novembro. As propostas foram abertas no dia 16 de dezembro. A partir daí foram sucessivos recursos, o que tem impedido a Secretaria de Logística e Transportes homologar a empresa vencedora e emitir a ordem, de serviço. Uma empresa do Paraná, especialista neste tipo de obra e que teria apresentado o melhor preço, chegou a enviar representante à região para os primeiros contatos visando a instalação do canteiro de obras. No entanto, novo recurso apresentado em fevereiro, fez a empresa recuar.
“O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informa que no dia 24/01/2020 foi iniciada a fase de análise da documentação das empresas participantes do processo licitatório para construção de uma nova ponte sobre o Rio Aguapeí na SP 425. Porém, no dia 22/02/2020 uma das participantes do certame interpôs recurso, que passa por análise”, diz nota da Secretaria de Logística e Transportes
“Diante disso, a previsão de prazo para início e conclusão das obras será acertada somente após a conclusão do certame, com a homologação da empresa vencedora. O valor orçado das obras é de R$ 14,5 milhões e o prazo de execução contratual é de oito meses”, conclui a nota.

HISTÓRICO
Com a interdição da ponte no dia 10 de setembro, muitas pessoas foram surpreendidas. Houve movimentação política e o deputado Mauro Bragato chegou a acompanhar prefeitos e empresários prejudicados em audiência com o superintendente do DER, Paulo Cesar Tagliavini. Posteriormente, Tagliavini e os diretores regionais do órgão de Araçatuba e Presidente Prudente fizeram vistoria técnica na ponte interditada. A decisão foi mantida por entenderem que não havia segurança para o tráfego de veículos.
Prestes a completar seis meses de interdição e sem perspectiva de início e término da obra da nova ponte, empresários contabilizam prejuízos. Lojas que funcionavam em um posto já foram fechadas e dezenas de empregados perderam o trabalho.

NOVA PONTE
A atual ponde vai ser demolida e outra será construída no mesmo local, mas mais elevada para evitar riscos de alagamento.

A ponte Aguapei
FECHADA – Ponte está interditada desde o dia 10 de setembro do ano passado

FOTOS – DIVULGAÇÃO


Compartilhe esta notícia!