LANÇAMENTO - Programa Bolsa do Povo Empreendedor foi lançado pelo estado na semana passada

Programa do estado que auxilia novos empreendedores investirá mais de R$ 1,8 milhão na região

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O Programa Bolsa do Povo Empreendedor, do governo estadual, está com 1.821 vagas para a região administrativa de Araçatuba. O programa tem o objetivo de qualificar pessoas que tiveram que forçadamente empreender durante a pandemia, para manter a renda da família.

 

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL conversou com Marina Bragante, secretária executiva de desenvolvimento econômico do estado de São Paulo, que afirmou que as vagas foram distribuídas de acordo com os números do Cadastro Único para a região.

 

“A gente distribuiu as vagas pelas regiões administrativas, a região de Araçatuba vai ter 1.821 vagas. A gente seguiu pelo Cadastro Único, que é a fonte de informação que o governo consegue saber onde estão as pessoas mais vulneráveis, porque é pra eles que o programa está direcionado”, contou a secretária executiva, que afirmou ter um pedido do governador João Dória para um público específico. “Estabelecemos que o público priorizado para o programa serão mulheres, negros, pardos ou indígenas, jovens e pessoas com deficiência e famílias de baixa renda. O governador pediu para que a gente priorizasse quem, de fato, teve mais impacto”, contou.

 

Além das 1.821 vagas para Araçatuba, também há vagas abertas nas regiões de Presidente Prudente (2.202), São José do Rio Preto (3.361), Campinas (11.924), Sorocaba (5.016), Bauru (2.334), Barretos (990), Ribeirão Preto (2.291), Marília (2.375), Central (1.809), Itapeva (1.950), São José dos Campos (5.738), Franca (1.486), Registo (1.141), Santos (3.368), e São Paulo (52.196). 

 

O programa pagará bolsas de R$ 1 mil, dividida em duas parcelas de R$ 500 cada. O investimento total do estado no programa será de R$ 100 milhões, sendo que somente para a região de Araçatuba o investimento será de R$ 1.821.000,00. 

 

A intenção do governo estadual é para que essas pequenas saídas utilizadas pela população durante a pandemia, se tornem, de fato, negócios rentáveis.

 

“É um curso para quem já está abrindo um negócio, é super importante as pessoas entenderem que não estamos falando de um grande negócio. É aquela mulher que durante a pandemia começou a vender bolo, para a moça que virou manicure, tudo para trazer mais renda para a família. O curso vai olhar para elas e ajudar a organizar o negócio dela e ter mais chance de crescer. Vai abordar temas como empreendedorismo, ideia de negócio, marketing, finanças e formalização. Muita gente já tem um negócio, mas não sabe que tem, e é por isso que o governo do estado está querendo investir nestas pessoas”, explicou Marina Bragante. 

 

Os cursos são oferecidos pelo Estado em parceria com o Sebrae-SP. As capacitações ocorrem em formato presencial, com carga horária de 20 horas, ou com dez horas-aula online. Haverá 70 mil vagas presenciais e 30 mil vagas online em todo o estado. A primeira turma está prevista para 27 de setembro.

 

As inscrições para o programa começaram no último dia 10 e vão até o próximo domingo, dia 19 de setembro, através do bolsadopovo.sp.gov.br, no ícone Bolsa do Povo Empreendedor. 

 

“Todo mundo do estado que está atualmente desempregado, que não possui CNPJ, que tem mais de 18 anos, todo mundo pode se inscrever”, explicou. “O programa tem o objetivo inédito de apoiar os empreendedores regionais em situação de vulnerabilidade aqui no estado de São Paulo. É uma ação de apoio, com qualificação, transferência direta de renda e um apoio financeiro temporário do estado, para impulsionar a criação de novos empreendimentos, impulsionando novos negócios, e formalizando cidadãos em situação de informalidade”, completou Marina Bragante. 

 

Foto: Marina Bragante

Crédito: Governo de SP

Legenda: ESCOLHA – Segundo Marina Bragante, do desenvolvimento econômico do estado, vagas em Araçatuba foram escolhidas pelo CadÚnico

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Balconista é preso com 85 tijolos de maconha

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O balconista G.G.S, 38 anos, residente em Goiânia (GO), …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *