Primeiro voo da Passaredo para São Paulo é marcado por batismo do avião

Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

No domingo (27) pela manhã o Aeroporto Dario Guarita, de Araçatuba, ficou com o salão de embarque lotado. Muitos passageiros que aguardavam o primeio voo da Passaredo para São Paulo. Além disso, muitas pessoas foram acompanhar o momento histórico, marcado com o “batismo” da aeronave com jato de água pelos bombeiros. Já na parte interna, com acesso apenas a quem embarcou, houve corte de fita, simbolizando a inauguração da operação da empresa. No primeiro voo, o prefeito Dilador Borges, a sua esposa Deomerce Dmasceno, vários secretários e dezenas de passageiros. O voo, que saiu de Araçatuba pouco depois de 10h40, aterrissou em Congonhas às 12h12. Passageiros aprovaram o primeio voo, feito em avião ATR 72.
Com o salão lotado, os passageiros começaram a embarcar por volta de 10h00. Havia clima de bastante apreensão. Depois de muitos anos, Araçatuba estava volatando a ter voos para o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Dezenas de pessoas, no lado externo e próximas ao alambrado, acompanharam todo o cerimonial e a decolagem da aeronave.
“É um momento de satisfação. Não da nossa administração, mas da região, da nossa cidade. Logo que assumimos em 2017 nós procuramos a Passaredo em Ribeirão Preto. Fomos com uma equipe com várias entidades representativas da cidade e da região, para que que viessem operar na nossa região. Hoje isso é uma realidade. Estamos participando do primeiro voo. Nossa região merece outras companhias. Em 2 de dezembro, se Deus quiser, vai estar operando também a Gol. É um momento diferenciado. Um ar de alegria que se vê. A satisfação de todos que estão esperando para embarcarneste voo, tendo mais uma companhia operando. E essa operando para São Paulo, que até então a gente não tinha. Um trabalho que está aí os frutos para toda população regional”, disse Dilador, que retornou no vôo desta segunda-feira.
O coordenador do Senat, de Araçatuba, Fernando Luz, 48 anos, foi um dos passageiros do primeiro voo para Congonhas. “Estou pegando este voo da Passaredo que é muito importante para o desenvolvimento da cidade de Araçatuba, já que só tinha uma empresa fazendo esta conexão. Nós tínhamos que pegar daqui para Campinas e de lá pegar um ônibus para chegar ao nosso destino que era São Paulo. Com essa empresa entrando agora ficou bem melhor. Esperamos que fique muito tempo conosco”, disse Fernando Luz.
Antes do embarque na aeronave, houve uma rápida cerimônia para corte da fita. O avião foi batizado. Depois os passageiros embarcaram.

RECLAMAÇÃO
Vários passageiros reclamaram da elevada temperada da sala onde aguardaram o embarque após o check-in. Os dois aparelhos de ar condicionado não estavam funcionando. A manutenção do local é de responsabilidade do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp). A informação era de que os aparelhos estavam quebrados. “Lamentável, no momento em que a cidade recebe mais uma empresa para operar, a nota negativa vai para quem administra o aeroporto. Em um período de altas temperaturas, deixar os passageiros em uma sala sem climatização, é descaso”, disse um passageiro, que não poupou críticas ao Daesp.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Dia dos pais e novo horário a partir de hoje animam empresários do ramo gastronômico do município

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA A área da gastronomia em Araçatuba está comemorando o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *