OPOSITOR - Prefeito de Mirandópolis, Everton Sodário (PSL), é opositor declarado do atual governo estadual

Prefeito reeleito não reconhece Doria e afirma que descumprirá fase vermelha do estado

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Após a regressão de todo o estado de São Paulo para a fase vermelha nos finais de semana de Natal e Ano Novo, o prefeito reeleito de Mirandópolis, Everton Sodário (PSL), manifestou-se contrário à medida. Ele ainda foi além: convidou colegas prefeitos a descumprirem a medida imposta pelo governo.

Na última terça-feira, o governo do estado de São Paulo anunciou que apenas os serviços essenciais poderão funcionar nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1º, 2 e 3 de janeiro, fazendo com que lojas do comércio, shoppings, academias, bares, restaurantes e casas de espetáculo fiquem fechados durante os três dias.

De acordo com as medidas, apenas supermercados, farmácias, postos de combustíveis, serviços e lavanderia e hotelaria poderão funcionar em todo o estado. O governo ainda liberou prefeitos dos 645 municípios para tomarem medidas mais duras de isolamento, se acharem necessário. Nos demais dias, o estado segue na fase amarela, com exceção da região de Presidente Prudente.

Por causa disso, o prefeito reeleito Everton Sodário utilizou as redes sociais para acusar que Doria quer colocar pânico nos paulistas para vender “sua vacina” (Coronavac). Disse ainda que não reconhece mais a legitimidade de Dória como governador do estado. “João Dória quer implantar o terror para vender a sua vacina. Não considero Dória mais como Governador de SP, perdeu a legitimidade”, disse em trecho da postagem feita em sua conta no twitter.

Sodário ainda afirmou que não vai fechar os estabelecimentos não essenciais e encorajou colegas prefeitos a fazer o mesmo. “Não irei fechar meu município, não proibirei ninguém de trabalhar nem comemorar com seus familiares e convido os demais prefeitos a fazer o mesmo”, concluiu a postagem.

Na última semana, Sodário já havia afirmado em seu twitter que não haveria medidas de restrição aos moradores de Mirandópolis que não quiserem tomar a vacina contra o covid-19. Segundo o chefe do executivo da cidade, a “liberdade do povo está acima de qualquer decisão”.

Outros municípios

Dois municípios da região de São José do Rio Preto também descumprirão, ao menos em parte, as medidas tomadas pelo governo do estado.

Em Olímpia, os parques aquáticos, principal atração turística do município, seguirão funcionando no final de semana. Os locais, porém, atenderão com apenas 40% da capacidade total. As demais restrições para bares, restaurantes, dentre outros serviços, serão seguidas. As medidas foram publicadas em decreto municipal

Já em Catanduva, não haverá nenhuma mudança na rotina das atividades comerciais nos dois próximos finais de semana. De acordo com a prefeitura, as decisões foram tomadas tendo em vista os indicadores da pandemia de covid-19 no município, considerados positivos pela atual e pela futura administração.

: PUBLICAÇÃO – Sodário criticou volta à fase vermelha em seu twitter

Compartilhe esta notícia!

Veja também

Fase vermelha começa hoje em SP e empresários de Araçatuba já se preparam para possível prorrogação

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Tem início hoje a fase vermelha em todo o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *