PONTO DE ENCONTRO

Compartilhe esta notícia!

O que me satisfaz?

Eu sou fruto da busca,
Da insistência e persistência.

Eu que era pedaços,
Hoje sou completo,

Eu que era escuridão,
Hoje sou luz na multidão.

Eu que era solidão.
Sou contato, sou amor, sou paixão.

O que me satisfaz?
A luta sagaz,
Os aromas matinais,
As risadas banais,
Um beijo no cais.

Pergunto a mim mesmo:
-O que buscas?
Que eu continue a sonhar,
Com o mesmo brilho no olhar.
E mesmo que eu erre,
Que o mal não me aterre,
Porque os sonhos que sonhei,
São a realidade que conquistei.

Fábio Ricardo Ambrosio (Penápolis, 14/01/2021)


Compartilhe esta notícia!

Veja também

SP autua dez estabelecimentos em primeira noite de toque de restrição

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – SÃO PAULO A Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *