ERRO - Placa na avenida Pompeu de Toledo indica recinto e parque aquático na direção errada

Placas com indicações erradas são alvo de requerimento aprovado pela Câmara

Compartilhe esta notícia!

Diego Fernandes – Araçatuba

A instalação de placas de sinalização de locais importantes de Araçatuba, feita pela prefeitura municipal, está sendo alvo de um requerimento aprovado pela Câmara. O caso foi denunciado por leitores e publicado pelo jornal O LIBERAL REGIONAL na edição do último dia 26 de setembro.
O requerimento, de autoria do vereador Arlindo Araújo (MDB), foi aprovado na sessão ordinária da última segunda-feira (04) por unanimidade pelos parlamentares.
No documento, o vereador cita a colocação das placas com informações erradas por parte da empresa contratada para fazer a confecção e instalação dos equipamentos.
No texto, enviado ao executivo, o parlamentar quer saber se as placas instaladas com informações erradas serão trocadas e reinstaladas pela empresa contratada sem custos ao município. Além disso, o vereador também quer saber qual foi a empresa contratada pelo município para a instalação das placas, quantas foram / estão sendo instaladas e qual o custo para o município.
Na reportagem de O LIBERAL publicada no dia 26 de setembro, foram apontados erros em pelo menos duas placas instaladas pela prefeitura de Araçatuba. Uma delas fica na avenida Joaquim Pompeu de Toledo, e indica a direção errada para locais como o Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado e o parque aquático Hot Planet para quem acessa o município por ela.
Outra placa com informação errada foi colocada na esquina da rua dos Fundadores com a rua Silva Grota e também aponta de forma equivocada a direção do recinto.
O requerimento aprovado pela Câmara deve ser respondido pela prefeitura de Araçatuba em até 15 dias, de acordo com o regimento interno.

Custos
Para a instalação das placas, a prefeitura de Araçatuba recebeu verba do governo do estado, através da secretaria estadual de turismo. Segundo placa indicativa instalada na avenida Brasília, próxima ao terminal rodoviário, o início das obras foi em 10 de dezembro de 2020, com o prazo de 3 meses para ser concluída, prazo este que foi ultrapassado, já que apenas nos últimos dias é que o serviço foi, de fato, terminado.
O preço total pago pela prefeitura foi de R$ 428.152,25. A empresa responsável pela confecção é a R.J.C. Sinalização Urbana LTDA – EPP, que tem endereço indicado no bairro da Vila Sílvia, em São Paulo (SP). A empresa foi a vencedora de licitação, homologada pelo prefeito Dilador Borges Damasceno (PSDB) em 9 de setembro de 2020. A abertura dos envelopes de licitação ocorreu quase um mês antes, no dia 13 de agosto.
De acordo com o acordado com a empresa, seriam confeccionadas 95 placas de sinalização turística, com indicações de 17 locais considerados de maior atração para o turismo na cidade, sendo eles: Praia Municipal, Museu Marechal Rondon, Parque Ecológico Baguaçu, Recinto de Exposições, Teatro Paulo Alcides Jorge, Teatro Castro Alves, Centro Cultural Ferroviário, Praça João Pessoa, Praça Getúlio Vargas, Praça Rui Barbosa, Praça da Juventude, Zoológico Municipal, Thermas Hot Planet, Parque da Fazenda do Estado, Turismo Rural Água Limpa, Estádio Municipal e Ciclo Turismo.
O acordo indica a instalação de 70 placas fixadas por semi-pórtico, como é o caso da placa com indicação errada instalada na avenida Pompeu de Toledo; e 28 placas fixadas por coluna dupla, como é o caso da placa com informação equivocada instalada na rua dos Fundadores.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Speed Park conclui mais uma edição da escolinha de kart

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – BIRIGUI A escolinha de kart é um projeto gratuito, realizado …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *