18.1 C
Araçatuba
quinta-feira, agosto 18, 2022

Perseguição aérea e tiros resultam na apreensão de 663 quilos de cocaína pura

ANTÔNIO CRISPIM

No início da tarde de domingo (3), uma ocorrência de tráfico internacional de drogas e de violação do espaço aéreo brasileiro movimentou forças de segurança por ar e terra. O avião de pequeno porte foi perseguido por duas aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira, que fez disparos de advertência e retenção, como determina a legislação. Por terra foram mobilizadas equipes da Polícia Federal e Polícia Militar (diferentes corporações). A ação resultou na apreensão do avião com  663 de cocaína pura (pasta base), que fez pouso de emergência na área rural de Pontalinda, na região de Jales. Os ocupantes do avião conseguiram fugir por uma mata. O inquérito será conduzido pela Delegacia da Polícia Federal de Jales, que tem à frente o delegado Alexandre Manoel Gonçalves.

De acordo com o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (Cecomsaer), o Comando de Operações Aeroespaciais (Comae), os radares identificaram a aeronave entrando no espaço aéreo brasileiro por Mato Grosso do Sul. Duas aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano foram empregadas para monitorar e interceptar o avião. Os pilotos de defesa aérea seguiram o protocolo das medidas de policiamento do espaço aéreo brasileiro, interrogando o piloto da aeronave, mas não obtiveram

O avião, sem contato com o controle, descumpriu todas as medidas de policiamento realizadas, mostrando-se hostil. Durante a perseguição houve disparos de advertência e  retenção. 

Vídeos mostrando a perseguição do pequeno avião por um Super Tucano da FAB e disparo foram postados em redes sociais de pessoas que estariam na região de Andradina. Chegou-se a falar na queda de avião entre Nova Independência e Murutinga do Sul. Porém, a reportagem apurou que houve incêndio de canavial, mas o fogo foi controlado por bombeiros e brigadistas de uma usina. Drones da usina e o Helicóptero Águia da Polícia Militar fizeram levantamento aéreo, mas nada foi encontrado. Apenas o incêndio.

Há informações de que o avião de pequeno porte tentou pouso de emergência em Bandeirante D’Oeste (município de Sud Menucci), mas devido à presença de viaturas policiais, arremeteu e acabou pousando na área rural  entre Pontalinda e Jales. Quando os policiais federais chegaram ao local, os ocupantes haviam fugido, provavelmente para uma mata nas imediações. Na aeronave, que foi abandonada, os policiais apreenderam 663 quilos de cocaína pura.

Na manhã dessa segunda-feira o avião foi transportado, em um caminhão, ao aeródromo de Jales, onde ficará apreendido. A operação de transporte da aeronave teve apoio do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

 

ABORDAGEM

A reportagem teve informação de que policiais militares abordaram no domingo à tarde, em Pereira Barreto, um veículo Fiat Toro com três ocupantes. Havia suspeita de que essas pessoas iriam receber e transportar a droga. O veículo e os três ocupantes foram apresentados na Delegacia da Polícia Federal de Jales. Os três foram ouvidos e liberados. Foram apreendidos, para análise, os telefones celulares e o veíuculo Toro.

 

 

PERSEGUIÇÃO – Avião foi perseguido pela FAB ao entrar no espaço aéreo brasileiro sem autorização
Sargento Bianca  CECOMSAER

Ultimas Noticias