Bruno Henrique brilha e marca os dois gols da vitóriar Pool via Reuters/Santiago Arcos

Palmeiras e Flamengo protagonizam quarta final brasileira na Libertadores

DA REDAÇÃO – SÃO PAULO

Pelo segundo ano consecutivo a final da Libertadores será verde-amarela. No dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai, Palmeiras e Flamengo entrarão em campo em busca do 21º título brasileiro na competição continental. Os dois últimos campeões de 2020 e 2019, respectivamente, vão em busca da terceira taça.

Esta será a quarta decisão entre dois clubes brasileiros na história da competição, fato que dá ao Brasil a marca de único país a alcançar tal feito. Além de 2021, as finais inteiramente verde-amarela aconteceram em 2020, 2006 e 2005, com Palmeiras, Internacional e São Paulo como campeões, respectivamente. O único país a atingir um feito semelhante foi a Argentina, em 2018, na final entre River Plate x Boca Juniors.

Com o título garantido de 2021, o Brasil se aproxima da Argentina, como país com maior número de taças continentais. No total, os “Hermanos” têm 24º troféus, já os brasileiros asseguraram o campeonato em 21 oportunidades (incluindo o título de 2021). De 2010 pra cá, o país soltou o grito de campeão sete vezes. Em Montevidéu, será a vez de Palmeiras ou Flamengo ecoarem pela oitava vez.

Em sua sexta final continental, o Palmeiras vai em busca do bicampeonato consecutivo e o terceiro título na história da competição. Para chegar à decisão, o Alviverde eliminou o Atlético-MG na semifinal após dois empates, o primeiro 0 a 0 e o segundo, em 1 a 1. Com o critério do gol qualificado, o Verdão carimbou o passaporte para mais uma finalíssima.

Campeão da edição em 1981 e 2019, o Flamengo chega a sua terceira final.

A CLASSIFICAÇÃO

A classificação do Rubro-Negro veio após derrotar o Barcelona de Guayaquil (Equador) por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (29) no estádio Monumental.
O grande destaque da partida foi o atacante Bruno Henrique, que, assim como na partida de ida das semifinais, disputada na última semana no estádio do Maracanã, marcou os dois gols da vitória Rubro-Negra.
No primeiro tempo, empurrado por sua torcida, o Barcelona deu trabalho ao goleiro Diego Alves, que defendeu finalizações de Léon, Castillo e Martínez. Mas a eficiência foi do Flamengo, que, aos 17 minutos, abriu o placar. Everton Ribeiro fez lançamento no meio da defesa para Bruno Henrique, que, com um toque, driblou o goleiro Burrai para depois bater para o gol livre.
Com a vantagem no marcador, o Rubro-Negro recuou suas linhas nos últimos minutos da etapa inicial e deixou a bola com a equipe da casa, que pouco criou.
A dupla Everton Ribeiro e Bruno Henrique voltou a brilhar logo aos 4 minutos da etapa final, quando Gabriel Barbosa lançou o camisa 7 pela direita, que cruzou rasteiro para o camisa 27 marcar o segundo da partida.

Veja também

Polícia Ambiental fiscalizou 30 pontos de venda de peixe

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Nos dias de 21 e 22 de outubro de 2021 a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *