BENÇÃO - Padre abençoa prédio onde funciona emissoras do SRC em Araçatuba

Padre Geraldo Polwidaiko abençoa emissoras do SRC em Araçatuba e fala sobre símbolos do Natal

Diego Fernandes – ARAÇATUBA

Como uma benção de Natal, o padre Geraldo Polwidaiko, pároco da Paróquia São Francisco de Assis, do bairro Guanabara, em Araçatuba, fez uma visita aos estúdios da Clube FM e da Jovem Pan, na manhã desta quinta-feira (23).
Além de falar sobre a importância da data ao Jornal da Clube, o padre também fez a benção do local através de orações, da palavra de Deus, e da água benta, que foi aspergida em todos ambientes das emissoras e sobre todos os funcionários.
Setores artístico, de jornalismo, administrativo, comercial, financeiro e de direção das emissoras, foram abençoados através da aspersão da água benta.
Antes da benção, em entrevista ao jornalismo das emissoras, o Padre Geraldo Polwidaiko comentou que o Natal é a data mais importante para os cristãos, já que simboliza o nascimento do Cristo, e consequentemente, do cristianismo, do qual faz parte a Igreja Católica.
Segundo o Padre, a data simboliza o fato de que Deus conhece os problemas da humanidade, tanto por sabedoria como por convivência, já que seu filho, Jesus Cristo, viveu entre os homens por 33 anos.
“É muito importante a festa Cristã, uma das mais importantes, e o Natal tem este sentido que Deus é desprendido. Ele deixa o céu, onde ele habita, e se encarna, faz o mesmo percurso que um ser humano comum faz. Ele é concebido em um seio materno, gestado, ele se dá a luz, ele nasce, bebezinho, com toda a fragilidade, necessidade de cuidados, e Ele vai crescendo”, afirmou. “Isso é impressionante, é como se Deus chancelasse todo o seu projeto de criação. E serve como um consolo, porque em qualquer fase da nossa existência nós poderemos recorrer com segurança ao menino Deus, porque ele passou por aquela etapa e pode nos compreender e com muito mais eficácia nos atender”, seguiu o padre.
O Padre Geraldo Polwidaiko explicou porque geralmente muitas pessoas preferem comemorar o Natal em família, em relação a outros feriados. Segundo o pároco, o próprio Jesus nasceu em família, remetendo à importância desta instituição para a humanidade.
“É uma data que sempre está implícita a família. Até porque o menino Deus quando nasce, ele nasce em uma família, de São José e Nossa Senhora, a Maria. O menino Deus, portanto, Ele faz parte de uma família, por isso que o Natal, todos nós que somos membros de família, a gente faz todo o esforço possível para se agregar”, explicou.
Muitos são os locais que apresentam iluminação especial no período de Natal. Pessoas, empresas e os próprios poderes públicos investem na iluminação especial dos ambientes para a data. De acordo com o Padre, a luz natalina foi representada pela primeira vez pelo próprio Deus, que iluminou, em plena noite, a gruta onde Jesus Cristo nasceu, em Belém, no estado da Palestina.
“Quando nasce o menino Jesus, a gruta, que é um lugar escuro, sombrio, é toda iluminada. Por isso também o Natal é a festa da Luz, no Natal temos muita luminosidade exatamente por causa do que Deus agiu por ocasião do momento onde Jesus nasceu, quando tudo ficou claro e iluminado”, disse.
Missas
A Diocese de Araçatuba programa missas para as paróquias das 19 cidades. Dentre elas está a paróquia São Francisco de Assis, de Araçatuba, que prepara missas especiais para esta sexta-feira (24), véspera, e para o sábado (25), dia do Natal.
“Todas as paróquias da Diocese, do Brasil e do Mundo, vão celebrar o Natal. Aqui na São Francisco, na nossa paróquia, teremos a missa na véspera do Natal, no dia 24, a tradicional Missa do Galo, às 19h30. E no dia do Natal, dia 25 de dezembro, às 9h. Teremos também logo após ao Natal, duas missas de manhã na paróquia, teremos às 9h a missa da Sagrada Família, e antes, às 7h, uma missa na nossa capela do Claudionor Cinti”, afirmou.
É necessário que todos que forem comparecer às missas em alguma das paróquias da Diocese de Araçatuba estejam utilizando máscaras, como forma de mitigação do contágio da covid-19. As igrejas oferecem álcool em gel, além de água e sabão para a higienização das mãos.

 

Veja também

Andradina inicia vacinação de crianças

DA REDAÇÃO – Andradina A primeira criança a ser vacinada em Andradina foi a pequena …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *