ONG inicia arrecadação de produtos para entrega a famílias carentes no Natal

Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – BIRIGUI

O espírito solidário, comum nessa época do ano, por causa da proximidade do Natal, já começa tomar conta de várias ações pela região. Em Birigui, a ONG Solar Eunice Weaver iniciou, nos últimos dias, campanha de arrecadação de produtos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis para doar famílias carentes da cidade.
Podem ser doados leite de caixinha, arroz, feijão, macarrão, refrigerante, panetone ou chocotone, frutas, verduras, pão de forma, bolacha doce e salgada, goiabada e óleo de cozinha; papel higiênico, pasta de dente, sabonete, detergente, sabão em pó e shampoo. Segundo com a diretora da organização, Márcia Guissi, o objetivo é oferecer um Natal mais alegre aos assistidos. Com as doações, serão montadas cestas básicas de Natal e um kit de higiene.
Outra finalidade, com essa campanha, é aumentar as doações, já que, segundo ela, nos períodos de Natal e Virada de Ano, as famílias realizam confraternizações e as despesas são maiores. “Visando não prejudicar o orçamento financeiro das famílias, voluntários ampliam as ações que buscam doações”, diz Márcia.
Para doar, basta o interessado em contribuir levar os produtos à sede da ONG – rua General Osório, 306, Santo Antônio (um quarteirão da Igreja de Santo Antônio). Antes de levar os produtos, é necessário ligar para que um voluntário esteja no dia e horário da doação. Os telefones são: (18) 3642-8113 ou 3213-0568 ou 99119-5330.
VALORES
Declarada de Utilidade Pública Municipal, a ONG atende pessoas e famílias em vulnerabilidade social. A organização é uma entidade de assistência social cadastrada junto ao Conselho Municipal de Assistência Social. Fora da ONG, o atendimento médico é particular ou via Secretaria Municipal de Saúde. A ONG atua em prol do próximo, visando “fazer o bem e não olhar a quem”. Destaca Márcia: “Atendemos pessoas em vulnerabilidade social.
São pessoas de baixa renda que necessitam de apoio psicológico, de orientações sobre seus direitos e deveres, entre outros temas ligados à cidadania”. Os assistidos participam de palestras, atividades socioeducativas e cursos de confecção de lembranças (artes em geral). A ONG atende 30 famílias. Muitos levam familiares e as atividades contam com 50 participantes. Também são feitas orações, com reflexão sobre os ensinamentos de Jesus Cristo.
Para fazer esse trabalho, psicólogos, assistentes sociais, professores, empresários e demais profissionais atuam sem remuneração na ONG, que não recebe ajuda financeira dos governos federal, estadual e municipal.
DUAS DÉCADAS
A ONG surgiu em janeiro de 1997. Várias famílias foram atendidas desde sua fundação até os dias atuais. Outras mudaram de Birigui e novas famílias passaram a fazer parte dos assistidos. “Como dependemos de 10 voluntários, não temos como aumentar o número de assistidos”, pondera a diretora.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Cerca de 150 policiais devem completar ciclo da vacinação contra a covid nesta terça em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Policiais e agentes de segurança que não tomaram a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *