20.3 C
Araçatuba
segunda-feira, junho 27, 2022

Obra de saneamento abre perspectiva de novos empreendimentos em Araçatuba

Os empresários estabelecidos nos parques industriais de Araçatuba têm motivos para comemorar. Há poucos dias, o prefeito Dilador Borges estabeleceu normas permitindo a regularização de lotes. Nesta quinta-feira (8), ao lado de diretores da Samar, Dilador participou da inauguração da estação elevatória Maria Izabel. Com esta obra, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Maria Izabel (lagoas), será desativado. Todo o esgoto que chega ao local será revetido para a ERTE Baguaçu. “Trata-se de uma obra histórica, que vai possibilidade novos empreendimentos nesta região da cidade”, disse o prefeito Dilador Borges.
As lagoas de tratamento de esgoto estavam saturadas e impediam novos empreendimentos naquela região da cidade. Os órgãos fiscalizadores faziam muitas restrições e até termos de ajustamento de conduta foram assinados com Cetesb (Companhia de Saneamento Ambiental de São Paulo). O problema é antigo e até mesmo o funcionamento de um frigorífico foi inviável.
Diante da incapacidade de investimento do município, o serviço foi terceirizado. Porém, o plano de investimento previa diferentes formas de resolver a questão. Uma delas era exatamente a reversão para a ETE Baguaçu. Esta alternativa foi a escolhida pela Samar a aprovada agência reguladora (Daea) e Prefeitura. Além de estações elevatórias, foram necessárias outras obras, como construção de emissários e modernização da ETE Baguaçu, que foi preparada para receber este novo volume. A ETE Maria Izabael trata aproximadamente 15% do esgotamento sanitário da cidade. O investimento foi da ordem de R$ 33 milhões.
O prefeito Dilador Borges chamou o comprometimento entre prefeitura e Samar de ‘ parceria responsável’ . “Podemos dizer com toda segurança que as portas estão abertas para os investidores interessados nessa região. São mais de 30 anos que empresários, principalmente do ramo imobiliário, esperavam que esses investimentos fossem feitos aqui na região do Parque Industrial. Essa obra abre caminho para a instalação de novas indústrias nos parques industriais da zona norte, com a possibilidade de geração de empregos”.
O presidente da Samar, Paulo Roberto de Oliveira, falou dos investimentos que estão sendo feitos pela empresa em cumprimento do contrato firmado na concessão e aos acordo feitos com a administração. No total serão investidos mais de R$ 100 milhões. O diretor de operações da concessionária, Rondinaldo Lima, falou sobre dados técnicos da obra. O esgoto coletado em Engenheiro Taveira também será revertido para a ETE Baguaçu.
O presidente da Câmara, Rivael Papinha, defendeu a terceirização do serviço. Ele rebateu os críticos e afirmou que sem a terceirização estas obras não seriam executadas.
Representando os empreendedores, falou o presidente da comissão dos empresários dos distritos industriais de Araçatuba, Oscar Saito Neto. Ele lembrou a história da família no parque industrial e a luta de tantos anos para obter os benefícios

CONSTRUÇÃO
A nova estação elevatória Maria Isabel foi construída numa área próxima às lagoas de tratamento, no Parque Industrial Maria Isabel de Almeida Prado. Ela vai bombear todo o esgoto coletado na bacia do córrego Tropeiros e encaminhar para a EEE Santa Izabel, que, por sua vez, recebe também o esgoto da bacia do córrego dos Espanhóis e encaminha os efluentes para a Estação de Tratamento de Esgoto ETE Baguaçu, que foi ampliada e modernizada para receber todo o esgoto de Araçatuba, com instalação de novos equipamentos e reformas dos tanques de tratamento, além de automação de todos os processos.
Ao mesmo tempo em que conclui as obras de reversão, a Samar também inicia os estudos para a recuperação das lagoas da ETE Maria Isabel, que serão totalmente desativadas.

FASES
Na primeira fase da obra foi realizada a construção da Estação Elevatória de Esgoto (EEE) Santa Izabel, localizada na Estrada Municipal ART 080, quilômetro 27. A nova estação foi inaugurada em fevereiro último e os investimentos somaram R$ 5 milhões. A unidade é responsável pelo bombeamento de esgoto de 44 bairros das zonas norte e oeste de Araçatuba, onde vivem cerca de 60 mil habitantes. Nesta área estão cinco parques industriais de Araçatuba: Maria Isabel de Almeida Prado, Alexandre Biagi, Parque Industrial 1 e parques industriais de grande e pequenos resíduos. Juntamente com a construção da nova elevatória, a Samar também instalou 10 quilômetros de novos emissários ligando a elevatória à ETE Baguaçu.

LOTES IMOBILIÁRIOS
De acordo com o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni, já foram liberadas a implantação de aproximadamente 10 mil lotes imobiliários. “Esse emissário instalado pela Samar foi fundamental para esse crescimento. Seguindo os parâmetros do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) esses novos lotes devem representar uma população de 40 mil pessoas para os próximos anos naquela região”, destaca.

DA REDAÇÃO
Araçatuba

Ultimas Noticias