PRORROGADA - Fase emergencial já dura duas semanas e foi prorrogada até 11 de abril DIEGO FERNANDES

Números da pandemia crescem na região de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

 

O início da fase emergencial do Plano São Paulo ainda não surtiu o efeito esperado pelas autoridades do governo estadual, governos municipais e Comitê de Contingência da Covid-19. Pelo contrário, desde o dia 15 de março, quando entrou em vigor a nova fase, até o dia 26 de março, última sexta-feira, houve aumento em todos os índices relacionados à pandemia: casos, mortes e internações. Por causa disso, o governo do estado prorrogou novamente o período até o dia 11 de abril.

A media móvel de casos novos de coronavírus aumentou mais de 31% desde o início da implantação das novas regras restritivas na região do DRS 2, o Departamento Regional de Saúde de Araçatuba. A média móvel de mortes subiu ainda mais, com aproximadamente 62% de crescimento. Já a media de internações subiu 28,2% no período.

Os índices foram contabilizados pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL tendo como base os números divulgados diariamente pelo governo do estado de São Paulo de 15 a 26 de março deste ano.

Casos

No primeiro dia da fase emergencial, em 15 de março, a região de Araçatuba, que compreende municípios como Birigui, Andradina, Penápolis, dentre outros, registrou 94 casos de covid-19. Naquele dia, a media móvel de casos estava em 378.

Na última sexta-feira, de acordo com o estado, foram contabilizados 667 novos casos de coronavírus, uma alta de 609%. A media móvel subiu para 497 novos casos diários, o que dá um crescimento de 31,48% na media.

Óbitos

Entre as mortes em decorrência da covid-19, o dia 15 de março registrou apenas 2 óbitos na região com pacientes com covid-19, enquanto 37 novas mortes foram contabilizadas no dia 26 de março, alta de 1.750%.

Na media, até 15 de maço, morriam 9,43 pessoas por dia por causa da pandemia na região de Araçatuba, enquanto este número subiu para 15,29 mortes por dia na última sexta-feira, uma alta de 62,14%.

Internações

Os principais hospitais da região, tanto públicos quanto particulares, chegaram a um colapso neste mês com a maioria deles atingindo mais de 100% de ocupação em suas UTIs como em Araçatuba, Birigui, Penápolis, Andradina, Mirandópolis, Ilha Solteira, dentre outros.

Isso foi causado pelo aumento na media de internações. Em Araçatuba, por exemplo, a ocupação na Santa Casa, hospital que atende mais de 40 municípios da região, era de 96% na UTI Covid no primeiro dia da fase emergencial. Na última sexta-feira este índice estava em 97%, porém, já com 10 leitos a mais no espaço, já que houve um aumento na última semana de 25 para 35 leitos no local. Durante vários dias da última semana, o índice de ocupação do hospital araçatubense ficou em 108%.

No dia 15 de março, foram contabilizadas 34 novas internações em hospitais da região de Araçatuba, número que subiu para 52 novos pacientes precisando de tratamento no dia 26, alta de 52,9%.

A media móvel de internações subiu 28,2% na região neste período. Ela estava em 39 novas internações diárias no dia 15, e subiu para 50 no dia 26.

Até a última atualização, a região de Araçatuba estava com 95,6% de ocupação nos leitos de UTI Covid.

Isolamento

O grande objetivo do governo estadual ao implantar a fase emergencial era tentar diminuir a circulação de pessoas nas ruas para assim diminuir os índices de contágio. Falou-se, por exemplo, em pelo menos 4 milhões de trabalhadores que não precisariam sair de casa com as novas restrições em relação à fase vermelha, que estava em vigor desde o dia 6 e que já restringia os serviços não essenciais.

Porém, na região de Araçatuba, o índice de isolamento ficou praticamente igual no período. No município de Araçatuba, sede do DRS 2, o isolamento social no dia 15 de março ficou em 37%, enquanto no dia 26 estava em 38%, abaixo do índice do estado que é de 42%.

Em Andradina, os números são um pouco melhores. O índice de isolamento subiu 3 pontos percentuais, indo de 40% para 43% do dia 15 ao dia 26. Em Birigui, este índice seguiu na mesma, com 41% em ambos os dias.

Penápolis é o município da região que mais se destaca neste dado, porém, houve uma ligeira queda no período. No primeiro dia da fase emergencial o isolamento na cidade estava em 50%, enquanto na última sexta-feira, havia caído para 49%. Mesmo assim, a cidade ocupa a 14ª posição neste ranking entre 645 municípios paulistas.

 

CRESCIMENTO – Número de internações cresceu em hospitais da região de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!

Veja também

Escolas voltarão a receber alunos a partir do próximo dia 19

Compartilhe esta notícia!O momento ainda é delicado no combate à pandemia em Araçatuba, mas as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *