Home Cidades Araçatuba Naldo Benny divulga álbum “Brezzy” e se diz a favor da volta do entretenimento

Naldo Benny divulga álbum “Brezzy” e se diz a favor da volta do entretenimento

7 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Em plena divulgação do seu novo trabalho, o álbum “Breezy”, o cantor Naldo Benny esteve nos estúdios da Clube FM e da Jovem Pan Araçatuba na última sexta-feira (16), e participou da programação vespertina da Clube falando sobre seu novo trabalho.

“Breezy” entrou nas plataformas digitais no final do mês de agosto e traz ao público um lado diferente do artista, conhecido pelo estilo funk pop. A sonoridade, segundo o próprio Naldo, é mais voltada para o trap e o hip hop.

“Oito anos depois do meu estouro para o Brasil, eu ainda sou o mesmo, mas vim inovando com essa parada do trap. Tenho o negócio do funk do Rio de Janeiro, porque sou carioca, mas musicalmente nunca tinha colocado algo próximo do trap”, comentou durante entrevista ao vivo na Clube FM.

De acordo com Naldo Benny, este foi o terceiro trabalhado e produzido em seu estúdio próprio, que fica em sua casa.

“O projeto novo praticamente foi feito todo durante esta pandemia. Eu tenho um estúdio em casa, fiz por lá os meus últimos três projetos. Com isso, eu consegui fazer o álbum todo em casa, não precisava estar em contato com outras pessoas”, explicou.

Ao todo, o álbum “Breezy” conta com 15 faixas, sendo que Naldo está lançando uma canção por mês. “Gang do Benny” é a atual música de trabalho que conta com participação de seu filho, MC PJ. Na faixa título, “Breezy”, Naldo comentou sobre o fato de o cantor Chris Brown ter curtido o clipe de sua música em suas redes sociais.

“Ele é uma referência pra mim, acho ele um artista incrível, o considero o Michael Jackson dos dias atuais, então pra mim foi uma honra enorme”, comentou. Chris Brown, inclusive, lançou seu mais novo trabalho com o nome de “Breezy” também, três dias após o lançamento de Naldo Benny.

“Fiquei tão feliz depois que ele curtiu meu clipe, minha música, que logo depois eu coloquei o nome do álbum de Breezy e alguns dias depois ele anunciou também o décimo álbum dele com o mesmo nome”, lembrou orgulhoso.

Volta dos shows

Durante a entrevista, o cantor Naldo também opinou sobre a volta das atividades culturais e dos shows e se disse a favor da volta ao trabalho também para os artistas. Segundo ele, apesar de já ter boas condições financeiras, muita gente que depende deste trabalho não tem recursos para permanecer parado por tanto tempo.

“Eu graças a Deus tenho minha vida resolvida, mas eu tenho pessoas que trabalham comigo que dependem, que pagam aluguel, que se não estiver trabalhando não tem grana pra comprar o leite do filho, pra pagar uma conta de telefone, é dessa forma que consigo olhar. Sei que o vírus existe, eu perdi amigos próximos, mas, infelizmente, chega um momento que ou dá ou desce, ou o cara vai ter que trabalhar ou morre de fome”, opinou.

Naldo Benny ainda seguiu lembrando que muitas pessoas que não trabalham diretamente com ele também se beneficiam com suas apresentações.

“Quando eu faço show eu dou emprego pro cara que vende bala na frente do show, pro segurança, pro gerente da casa de shows, pro garçom, pro cara que põe a luz e o som, indiretamente trago mais de 20 pessoas trabalhando comigo, são 7 meses. Eu sou a favor que volta porque o setor de entretenimento, a cultura, é o que mais está sofrendo”, afirmou.

O cantor ainda contou que tem agenda de shows para o Rio de Janeiro. Segundo ele, casas menores de apresentações artísticas já estão funcionando com restrições de público na capital fluminense, considerada o berço do funk, estilo mais característico de Naldo.

“No Rio de Janeiro o lance está pegando fogo, não as casas maiores que cabem tipo, 15 mil pessoas, porque aí não dá, mas eventos menores estão rolando, eu semana passada fiz show, essa semana também”, informou.


Compartilhe esta notícia!