22.8 C
Araçatuba
sábado, junho 25, 2022

Mutirão contra a dengue já recolheu mais de 65 toneladas de materiais inservíveis

 

Mais de 65 toneladas de materiais inservíveis que serviam de criadouros para o Aedes aegypti já foram recolhidos de residências e terrenos baldios da cidade no mutirão promovido pela Secretaria Municipal de Saúde de Birigui. Larvas do mosquito foram encontradas em recipientes dentro de 822 imóveis.

As ações de combate ao mosquito transmissor da dengue e outras arboviroses estão sendo reforçadas desde o dia 7 de março no município. Conforme balanço divulgado pela secretaria, até o dia 21 de maio foram visitados mais de 90 bairros, sendo trabalhados 28.908 imóveis. Até agora a cidade registrou 7.446 casos positivos de dengue e foi confirmada a terceira morte.

Nessa terça-feira (31) os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias realizaram busca ativa e orientação para a população nos bairros Jardim do Trevo, Vila Staff e Vila Germano. A nebulização para matar o mosquito adulto foi executada no bairro Vista Alegre.

O trabalho é executado por mais de 30 agentes, além de cinco supervisores, que estão devidamente uniformizados e identificados com crachás e bolsas, seguindo os protocolos contra a covid-19. Ao entrar na residência, os agentes solicitam que os moradores façam o acompanhamento de toda a vistoria.

 

CASOS

A Secretaria de Saúde confirmou a terceira morte por dengue do ano. Um homem de 75 anos, morador do Costa Rica, que faleceu no dia 6 de maio e tinha diabetes e hipertensão. Ele apresentou os primeiros sintomas da doença em 26 de abril e chegou a ser hospitalizado no dia 4 de maio.

De janeiro até ontem (31), a cidade registrou 7.487 casos prováveis de dengue, sendo 7.446 casos positivos e outros 41 estão em investigação. Ainda há um óbito em investigação. Até o momento não foram registrados casos de zika vírus, chikungunya e febre amarela.

 

Ultimas Noticias