18.9 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 16, 2022

Movimento na internet consegue 34 doadores de sangue para criança com leucemia

Unidas pela solidariedade, 34 pessoas viajarão até Jaú, neste sábado, para doar sangue no Hospital Amaral Carvalho. A causa tem nome e idade: o menino Fernando, de apenas 2 anos e dez meses, de Araçatuba, recentemente diagnosticado com leucemia. A luta da criança contra o câncer começou no mês passado, três meses após Mateus, seu irmão gêmeo, morrer da mesma doença. Desde então, foi iniciado o tratamento.
A mobilização em prol do garoto começou nas redes sociais, liderada pela empregada doméstica Marli Borges e pelos estudantes universitários Marcos Vinícius Sader e Luana Marques. Marli conta que, um dia após a primeira postagem, já conseguiu reunir o número de pessoas necessário para encher o micro-ônibus fretado que vai a Jaú amanhã. A movimentação, diz ela, foi tão grande que até mesmo pessoas que não podem doar resolveram colaborar de outra forma. No caso, pagando os custos das viagem, por exemplo. De acordo com Marli, o custo para cada pessoa ficou em R$ 54 porque os organizadores da ação não conseguiram um veículo de graça para levá-los a Jaú.
“Nós decidimos ajudar o Nando, porque o sangue que é doado em Araçatuba não chega até ele; é preciso que a doação seja feita no hemonúcleo daquele hospital”, explica ela. Marli ressaltou que a intenção do grupo é ir uma vez a cada mês até Jaú. “Temos fé que, desta vez, será diferente e teremos um final feliz”, complementa.
A saída de Araçatuba está programada para as 6h20, em frente ao supermercado Pão de Açúcar, na avenida Brasília. O veículo irá retornar assim que todos os passageiros fizerem a doação de sangue. Na chegada, a parada será no mesmo ponto de saída.

MAMA
Em relação a outro tipo de câncer, o de mama, maior causador de mortes entre as mulheres, ontem à tarde, a Prefeitura divulgou números positivos no combate à doença. Segundo a administração municipal, o “Outubro Rosa” deste ano foi um sucesso. Isso, graças à reativação do Hospital da Mulher, que se tornou centro especializado, e com a carreata do Hospital do Câncer de Barretos.
No total, foram realizadas 792 mamografias e colhidos 2.731 exames citopatológicos (preventivo do colo de útero). Isso, além de 2.042 solicitações de mamografias encaminhadas. O número de mamografias poderia ter sido maior, chegando a 892, mas cem mulheres que estavam agendadas não compareceram. Ou seja, 15,5% confirmaram, porém, não foram ao serviço oferecido.
Hoje, o município tem 3.029 mulheres na fila de espera, número que a Prefeitura pretende diminuir em breve, oferencendo cerca de 600 exames por mês no Hospital da Mulher.

ARNON GOMES
Araçatuba

Ultimas Noticias